Pesquisadores estudam situação dos golfinhos de Noronha durante a pandemia

A pesquisa tem o objetivo de mostrar como os rotadores estão durante a pandemia do novo coronavírus

Golfinhos em NoronhaGolfinhos em Noronha - Foto: Divulgação

Com a quarentena instaurada na ilha de Fernando de Noronha devido à pandemia do novo coronavírus, um grupo de pesquisadores do Projeto Golfinho Rotador iniciou estudo sobre o comportamento desses animais durante a pandemia. No momento, por determinação do presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). as pesquisas estão suspensas em todas as Unidades de Conservação Federais do Brasil, mas o coordenador-geral do Projeto Golfinho Rotador, Flávio Lima, solicitou ao ICMBio Noronha autorização especial para realizar as observações.

De acordo com os pesquisadores, neste período de isolamento social dois fatos atípicos em Fernando de Noronha podem ter alterado o comportamento tradicional dos rotadores. Um é o enfrentamento do segundo verão mais quente desde 1997, quando se começou a medir a temperatura dos oceanos. Como consequência, houve uma alteração na dinâmica de correntes, responsável pela distribuição de alimento dos rotadores de Noronha.

Leia também:
Covid-19: Paulo Câmara prorroga medidas restritivas em Pernambuco
Pernambuco registra 682 novos infectados, e número de curados passa de mil


O outro é que, em virtude da pandemia de Covid-19, todas as atividades de turismo foram proibidas e a visitação em Unidades de Conservação Federal estão suspensas desde 17 de março pelo ICMBio. Ou seja, Noronha vivencia pela primeira vez na história do seu turismo a total inexistência de turistas e passeios de barcos para observar golfinhos.

Em 2019, em 80% dos dias foram avistados em média 338 golfinhos em Fernando de Noronha. De dia, como apontam estudos, os rotadores procuram as baías do arquipélago de Pernambuco para descansar, se reproduzir, amamentar e cuidar dos filhotes. Esses dados, frutos das pesquisas realizadas ao longo de quase 30 anos, justificam a necessidade da conservação da espécie e da biodiversidade marinha em Fernando de Noronha.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Passeio Motociclístico da PRF-PE arrecada quase duas toneladas de alimentos

Passeio Motociclístico da PRF-PE arrecada quase duas toneladas de alimentos

Privadas com até 8 botões confundem nas Olimpíadas do Japão, país que tem até 'museu do cocô'
Tóquio

Privadas com até 8 botões confundem nas Olimpíadas do Japão, país que tem até 'museu do cocô'