Petrolina e Cabo endurecem relações com a Compesa

Lula Cabral vai criar uma empresa pública para administrar os serviços de água e esgoto do Cabo de Santo Agostinho

Inaldo SampaioInaldo Sampaio - Foto: Colunista

A Compesa, desde a década de 70, opera, por delegação, os serviços de água e esgoto da quase totalidade dos municípios pernambucanos. Mas por não estar conseguindo dar conta de todas as demandas passou a ser alvo de críticas de alguns prefeitos. O primeiro a reclamar foi o ex de Petrolina, o hoje senador Fernando Coelho, que foi à Justiça contra a companhia para ter de volta o direito constitucional de administrar aqueles serviços, e venceu a batalha no STF. Depois as partes se entenderam. Mas, pelo que disse o atual prefeito, Miguel Coelho, no Recife, há uma semana, a briga poderá ser retomada por ele achar inaceitável que uma cidade localizada às margens do São Francisco tenha só 50% do seu território saneado e vários bairros sem água. O segundo foi Lula Cabral, do Cabo, que considera uma afronta à população um município que cede água à capital das barragens de Gurjaú e Pirapama ainda ter bairros sem água e sem saneamento.

Lula Cabral vai criar uma empresa pública para administrar os serviços de água
e esgoto do Cabo de Santo Agostinho

Senador conforta Lula
O senador Armando Monteiro (PTB) esteve no Hospital Sírio Libanês (SP) na última sexta-feira para levar sua solidariedade e de seus familiares ao ex-presidente Lula, em decorrência da morte da ex-primeira dama Marisa Letícia. O senador apresentou também a solidariedade de seu pai, o ex-ministro Armando Monteiro Filho, que não pôde ir ao velório por problemas de saúde. Os dois são amigos há muitos anos.

Elogio > O deputado Sílvio Costa (PTdoB) acompanhou Armando Monteiro na visita a Lula e foi cumprimentando por vários petistas que não o conheciam pessoalmente. “Você, mesmo não sendo petista, representa o PT que eu sempre defendi”, disse-lhe Olívio Dutra, ex-prefeito de Porto Alegre e ex-governador do RS.

Arquivo > A Justiça do RJ arquivou o pedido de habeas corpus em favor do empresário Eike Batista requerido pelo advogado caruaruense Antonio Alves de Oliveira, que sequer conhece o ex-milionário.
Origem > O novo procurador geral de Justiça, Francisco Dirceu, é natural do Crato (CE) de onde também são originários o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) e o procurador Thiago Norões.
Confronto > Célia Sales (PTB) e Carlos Santana (PSDB) vão se enfrentar dia 2/4 na disputa pela prefeitura de Ipojuca. A convenção do ex-prefeito será hoje, a partir das 18h, num clube da cidade.
Religião > Dos 27 novos vereadores de Jaboatão, três são legítimos representantes das Igrejas da qual fazem parte: Adeildo da Igreja (PSDB), Irmão Fabinho (PHS) e Irmã Babate (PSB). O 1º representa a Igreja Católica, o 2º a Igreja Metodista, e a 3ª uma dos ministérios em que se divide a Assembleia de Deus.

Torcida > O sociólogo Antonio Lavareda torce para que o ministro Édson Fachin (STF) julgue todos os processos da Lava Jato até o final deste ano para que ele não “contamine” as eleições de 2018. Há pessoas de vários partidos citadas nas delações da Odebrecht e o País precisa saber, rápido, quem é culpado e inocente.
Reforço > Embora a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), não externe desejo de fazer oposição ao Palácio das Princesas, o governador Paulo Câmara resolveu reforçar sua retaguarda naquele município visando às eleições de 2018. Pôs os ex-deputados Jorge Gomes (PSB) e Miriam Lacerda (PMDB) na sua assessoria especial, o delegado Érick Lessa (PR) na assessoria do secretário Pedro Eurico, e Laura Gomes na liderança do PSB na Alepe.

Veja também

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana

Codecipe registra seis desalojados e sete desabrigados após chuvas do fim de semana

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês

Bolsonaro diz que Fiocruz entrega mais 18 milhões de vacinas esse mês