Petrolina investe em 83 ônibus com acessibilidade e Wi-Fi para usuários da cidade

Segundo o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, foram investidos mais de R$ 50 milhões nas compras da frota

Novo e antigo ponto de ônibus da cidadeNovo e antigo ponto de ônibus da cidade - Foto: Divulgação/Ammpla

A Prefeitura de Petrolina, junto à Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla), vai lançar, até o início de dezembro, 83 novos ônibus para a cidade. Os veículos irão dispor aos usuários modernidade, com acessibilidade, acesso a Wi-Fi e ar-condicionado. A novidade vem para atender todas as linhas do município.

Segundo o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, foram investidos mais de R$ 50 milhões nas compras da frota. A tarifa será única e custará em torno de R$ 3,55.

Em entrevista, Miguel Coelho falou sobre o avanço da cidade. “A conclusão é que esses 83 ônibus possam atender a demanda existente e projetar o crescimento para os próximos anos. Estamos ampliando a cobertura. O planejamento é para que todos os bairros sejam atendidos. Vamos ampliar o número de linhas.”

Leia também:
Ônibus elétrico ganha as ruas do Recife em teste
Passageiros reclamam de atrasos nas linhas de ônibus de Porto de Galinhas


Em seu perfil no Instagram, o prefeito divulgou a notícia, em primeira mão, comemorando. “Uma cidade com transporte público melhor, mais digno e mais forte!! Este é o primeiro ônibus da nossa nova frota, pessoal, que a partir de dezembro terá OITENTA E TRÊS veículos novinhos, com acessibilidade e wi-fi, equipados com ar condicionado e, principalmente, formando um sistema de transporte como Petrolina merece.”

A assessora de comunicação da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla), Magnólia Costa informou que, atualmente, a cidade conta com 72 veículos (incluindo os reservas) e trabalham com 21 linhas na cidade. Além disso, a prefeitura está construindo novos 40 pontos de ônibus.

Veja também

Pernambuco registra 711 novos casos da Covid-19 e 30 mortes nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 711 novos casos da Covid-19 e 30 mortes nas últimas 24h

Secretário-geral da ONU pede acordo global contra desigualdades
mundo

Secretário-geral da ONU pede acordo global contra desigualdades