A-A+

Recife

PM dispersa aglomeração com pessoas sem máscara na rua pelo segundo fim de semana seguido no Pina

Imagens que circularam nas redes sociais no fim de semana mostram centenas de pessoas descumprindo os protocolos de combate à Covid-19 no local

Aglomeração no PinaAglomeração no Pina - Foto: Reprodução

Pelo segundo final de semana seguido, a Polícia Militar de Pernambuco agiu para dispersar uma aglomeração de pessoas na rua Jemil Asfora, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife. 

Entre a noite de sábado (11) e a madrugada de domingo (12), pessoas sem máscara consumiam bebidas e ouviam música alta no local. 

Imagens que circularam nas redes sociais no fim de semana mostram centenas de pessoas descumprindo os protocolos de combate à Covid-19 no local, apesar de terem sido dispersados no final de semana anterior

As regras atuais do Plano de Convivência com a Covid-19, protocolo do Governo do Estado para a flexibilização, indicam que o encerramento de atividades e serviços deve ser feito até 0h.

Em nota enviada à reportagem, a Polícia Militar afirmou que dispersou o público no local.

"A Polícia Militar (...) tomou ciência do fato e enviou viaturas para o local citado, que realizaram a dispersão do público, sem alterações".

O morador que grava o vídeo reclama da ação da PM. Ele diz que a corporação faz "ouvido de mercador" sobre denúncias da aglomeração no bairro. A polícia afirmou que "sempre que acionada se faz presente para dispersar os que insistem em permanecer no local e retorna para cobrir toda a área do 19º Batalhão". 

A corporação ainda pediu a colaboração da população para evitar aglomerações como a vista no Pina.

A polícia também disse que procurou o dono de um bar apontado como responsável pelo tumulto, segundo a vizinhança, e ele esclareceu que fecha o estabelecimento no horário exigido pelas normas sanitárias, mas as pessoas ficam no meio da rua, perturbando o sossego de moradores.

Como denunciar
De acordo com a Polícia Militar, denúncias de aglomerações como a vista no Pina podem ser feitas através do 190.

O Procon-PE também disponibiliza canais de atendimento para denúncias:

Telefone: 0800.282.1512 - segunda a sexta, das 8h às 17h
WhatsApp: 81 3181-7000 - qualquer hora e todos os dias
Instagram: @proconpe

Veja também

Pandemia impede realização de mais de 1 milhão de cirurgias em um ano
Coronavírus

Pandemia impede realização de mais de 1 milhão de cirurgias em um ano

Grupo Ruas e Praças realiza mediação de conflito em atendimentos presenciais
RECIFE

Grupo Ruas e Praças realiza mediação de conflito em atendimentos presenciais