Olinda

PM e SDS investigam caso de spray de pimenta atirado contra jovens de bicicleta em Olinda

Homem que gravou vídeo diz que não irá prestar queixa

Caso ocorreu nas proximidades da orla de OlindaCaso ocorreu nas proximidades da orla de Olinda - Foto: Reprodução

A Polícia Militar de Pernambuco e a Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) iniciaram investigações para apurar as circunstâncias de um vídeo que circula nas redes sociais de um suposto abuso de policiais militares disparando spray de pimenta contra um grupo de crianças e adolescentes em bicicletas. 

O caso aconteceu em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, na noite da última segunda-feira (2). As imagens mostram alguns jovens nas bicicletas pedalando na avenida Getúlio Vargas, em frente ao Mercado Extra, nas proximidades da orla. Eles ocupam parte da pista no sentido Recife.

No vídeo, aparece uma viatura do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) ao lado do grupo de ciclistas. De dentro do carro, é disparado um jato de spray de pimenta. A sequência da gravação ainda mostra a viatura acompanhando o grupo e disparando o spray mais uma vez. 

Por meio de nota enviada à reportagem nesta quarta-feira (4), a Polícia Militar de Pernambuco informou que apesar de não ter recebido denúncia formal do ocorrido, "já determinou investigação preliminar para apurar o ocorrido e identificar o histórico dos fatos".

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Rolezinho de Bike (@rolezinhodebike)

A Corregedoria Geral da SDS, também em comunicado divulgado nesta quarta-feira, anunciou que instaurou uma investigação preliminar para apurar as circunstâncias da ocorrência. 

Nesta fase, destaca a SDS, são coletadas informações iniciais e, em caso de existência de elementos suficientes, será instaurado um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) em desfavor dos militares estaduais envolvidos.

A Polícia Militar ainda indica que pessoas que se sentirem lesadas por comportamento inadequado de policiais, devem procurar a Corregedoria Geral da SDS ou a própria unidade a que pertence o efetivo para efetuar a queixa e agilizar os procedimentos cabíveis.

Repercussão
Gravado por uma das pessoas que participavam do passeio, o vídeo foi compartilhado inicialmente pelo perfil @rolezinhodebike no Instagram, que organiza passeios de bicicletas na Zona Norte do Recife.

Em entrevista à Folha de Pernambuco, esse integrante explicou que foi convidado para participar do passeio - ele nunca havia ido. Segundo ele, o grupo havia saído das proximidades do antigo Quartel de Olinda, quando a viatura do BPRp chegou.

"Tinha muita bicicleta. O meu pensamento era que eu já estava filmando para poder postar e de repente vem a viatura com a giroflex e sirene ligadas. Pensei que queriam ajudar a gente e foi na hora que passou do lado e atirou o spray de pimenta. Eu nem imaginava que isso poderia acontecer", detalhou.

"Como é proibido andar de bicicleta? Se fosse uma coisa ilegal, os policiais teriam acabado, não teriam deixado dar continuidade. Só passaram, atearam spray e fugiram", acrescentou. Ainda segundo homem, o passeio, após sair da Praça de Cajueiro, na Zona Norte do Recife e ir até a praia do Quartel, em Olinda, seguiria para o Marco Zero da capital pernambucana. 

Por fim, o autor do vídeo afirmou que não pretende prestar queixa sobre o ocorrido. "Eu sou uma pessoa do bem, não prestei queixa e nem vou prestar. Não se paga mal com mal. Não tem para que perder meu tempo, perder minha paz. A gente só quer tirar nosso lazer, nossas pedaladas", finalizou.

Veja também

Covid-19: Vacinas salvaram 20 milhões de vidas em um ano, aponta novo estudo
Coronavírus

Covid-19: Vacinas salvaram 20 milhões de vidas em um ano, aponta novo estudo

G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial de infraestruturas, diz Biden
Cúpula dos países ricos

G7 quer investir US$ 600 bilhões em programa mundial de infraestruturas, diz Biden