PMDB aumenta sua força no governo Paulo Câmara

O PMDB de Jarbas Vasconcelos deverá ficar com duas vagas na chapa majoritária da Frente Popular em 2018

Inaldo SampaioInaldo Sampaio - Foto: Colunista

Se dúvida ainda havia em relação a este assunto, ela dissipou-se na semana passada depois que o deputado Jarbas Vasconcelos admitiu publicamente que deseja ser candidato a senador em 2018 na chapa a ser encabeçada pelo governador Paulo Câmara: o PMDB passou a ser o principal parceiro do Governo do Estado, deixando em plano secundário o próprio PSB e descartando uma nova aliança com o PSDB e o DEM, aliás já rechaçada por antecipação pelos ministros Bruno Araújo e Mendonça Filho. Hoje, o principal conselheiro do governador é Jarbas Vasconcelos, que emplacou o presidente regional do PMDB, Raul Henry, inicialmente como vice e, agora, como secretário de Desenvolvaimento Econômico. E, de quebra, o peemedebista histórico Bruno Lisboa na Secretaria de Habitação. Tudo isso leva a crer que o partido ficará mesmo com duas vagas na chapa majoritária de 2018, contrariando uma parte da cúpula do PSB.

Já tinha compromisso agendado
Explicação do PT de Serra Talhada para a ausência do prefeito Luciano Duque (PT) no encontro regional que a direção estadual do partido realizou naquele município, sábado passado: ele tinha compromisso “anteriormente marcado”. Sobre o fato de o prefeito nunca ter desmentido notícia do “Estadão” de que estava de malas prontas para se filiar ao PSB, a direção municipal garante que isso não procede. A conferir.

Dupla > Pedro Eurico e Roberto Franca, secretários de Justiça e Desenvolvimento Social, respectivamente, do governo Paulo Câmara, abraçaram a política na Faculdade de Direito da UFPE na década de 70. Ambos, como estudantes, participaram da campanha de Marcos Freire para o Senado (1974).

Contas > Candidato da oposição à presidência da Amupe, o prefeito de Itaquitinga, Giovane Oliveira (PSB), diz já ter o apoio de 40 colegas mas o atual presidente Luciano Torres duvida dessa conta.

Filiação > O vereador e prefeito interino de Ipojuca, Irmão Ricardo, não é filiado ao PSDB como se disse nesta coluna e sim ao PTC. Mas é aliado de fé do ex-prefeito Carlos Santana (PSDB).

Demissão > Paulo Câmara nomeou seu vice Raul Henry para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico plenamente advertido de que não pode demiti-lo, mesmo ele estando num cargo de confiança.

Sopro > Chegou ontem aos ouvidos do ex-presidente Lula que o deputado Sílvio Costa admitiu ser o candidato dele ao Senado, por Pernambuco, em 2018, caso Humberto Costa fuja da raia. O ex-presidente teria gostado. Até porque tem sido tratado como “leproso” por muita gente daqui de quem se achava amigo.

Chance > Com o esvaziamento da candidatura de Rogério Rosso (PSD-DF) à presidência da Câmara Federal, cresce a do líder petebista Jovair Arantes (GO), que está sendo esperado no Recife na próxima sexta-feira. Arantes, em tese, não tem chance. Mas pode crescer se Rodrigo Maia for barrado pelo STF.

Província > Minas, 2º estado mais rico do país, virou província política nos últimos 20 anos. Alguém de Pernambuco conceberia, por exemplo, que o governador Paulo Câmara morasse no Rio de Janeiro, como fez Aécio Neves ao tempo de governador? Agora, depois que o PSDB mineiro perdeu a disputa pelo governo estadual (2014) e a prefeitura de Belo Horizonte (2016), o partido pressiona o senador para voltar a morar na capital mineira.

Veja também

Alimentação e atividades físicas alinhadas em todas as estações do ano
Saúde e Bem-Estar

Alimentação e atividades físicas alinhadas em todas as estações do ano

América Latina e Caribe têm mais de meio milhão de mortos por Covid-19, aponta AFP
PANDEMIA

América Latina e Caribe têm mais de meio milhão de mortos por Covid-19, aponta AFP