Polícia apreende 80 motocicletas em operação contra 'rolezinho' em Olinda

A denúncia de moradores do bairro de Rio Doce e vizinhos contra o grupo deu origem à operação

Operação aconteceu na Orla de OlindaOperação aconteceu na Orla de Olinda - Foto: Divulgação/PMPE

Uma operação da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) apreendeu cerca de 80 motocicletas envolvidas em perturbação do sossego na orla de Olinda, no Grande Recife, na noite da última segunda-feira (30). O evento, chamado de “Rolezinho Vira Bixo”, era organizado nas redes sociais.

A denúncia de moradores do bairro de Rio Doce e vizinhos contra o grupo deu origem à operação. Além da perturbação, os policiais averiguaram outras ilegalidades como placas irregulares. De acordo com a Polícia Militar, os motociclistas eram responsáveis por passeios com dezenas de motos com escape adulterado para provocar barulho, o que causava incômodo aos moradores.

Leia também:
[Vídeo] Após denúncia do Flagrante Cotidiano, carcaças de carros são retiradas em Olinda
Árvore cai e deixa ferido na Praça do Carmo, em Olinda


A apreensão aconteceu na avenida Marcos Freire, a principal utilizada pelo grupo, formado em sua maioria por jovens do bairro de Rio Doce. O Serviço de Inteligência do 1º BPM realizou um levantamento da rotina dos motoqueiros e montou campana para fazer a abordagem na última noite.

O efetivo contou com policiais militares do 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM), da Companhia Independente de Policiamento com Motociclistas (CIPMotos), do Batalhão de Trânsito (Bptran) e apoio da Secretaria de Trânsito de Olinda. 

Grupo marcava passeios no Facebook

Grupo marcava passeios no Facebook - Crédito: Reprodução/Facebook 

Veja também

Com forte chuva, Florianópolis registra morte de mãe e filha em desabamento de muro
Santa Catarina

Com forte chuva, Florianópolis registra morte de mãe e filha em desabamento de muro

O mau exemplo do STF na pandemia: aglomeração, omissão de diagnóstico e tentativa de furar fila
Coronavírus

O mau exemplo do STF na pandemia: aglomeração, omissão de diagnóstico e tentativa de furar fila