Polícia deflagra operações contra quadrilha no Agreste

Investigações tiveram início em outubro de 2017 e apontam para os crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas e armas

Joselito Kehrle, chefe da Polícia CivilJoselito Kehrle, chefe da Polícia Civil - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) cumpre, nesta sexta-feira (23), 24 mandados de prisão e 27 mandados de busca e apreensão contra uma quadrilha com ações nas cidades de São Bento do Una e São Caetano, no Agreste pernambucano. As investigações tiveram início em outubro de 2017 e apontam para os crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas e armas.

As operações, que receberam os títulos "Rio Una" e "Rio Ipojuca", foram conduzidas pela 15ª Delegacia Seccional de Belo Jardim, também no Agreste, presidida pela delegada Luciana Almeida e assessorada pelo Núcleo de Inteligência do Agreste. De acordo com a PCPE, as operações foram desmembradas por serem frutos de informações distintas.

Leia também:
Quadrilha envolvida em roubos a bancos é alvo de operação
Jovens são presos por tráfico de drogas no Agreste


Participaram das operações um efetivo de 200 policiais civis, entre delegados, comissários, agentes e escrivães. O Grupo Tático Aéreo (GTA) apoiou as diligências. Os detalhes das investigações serão divulgados pelo chefe da PCPE, o delegado Joselito Kerhle do Amaral, nesta sexta.

Outras informações em instantes

Veja também

Professora da Unicap é acusada de racismo
Racismo

Professora da Unicap é acusada de racismo

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG
animais

Homem é condenado a pagar 15 salários mínimos por maltratar cães em MG