Notícias

Polícia desarticula quadrilha e cumpre 16 mandados de prisão

Alvo da Operação Sem Divisas é grupo acusado de roubo qualificado, latrocínio tentado e explosões a agências bancárias, entre outros crimes

Dois tiros atingiram professor, em assalto no Rio de JaneiroDois tiros atingiram professor, em assalto no Rio de Janeiro - Foto: Divulgação

Um grupo, que agia nos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba, acusado de roubo qualificado, latrocínio tentado e explosões a agências bancárias, entre outros crimes, foi alvo de uma operação da Polícia Civil (PC) nesta sexta-feira (27). Ao todo, foram cumpridos 10 mandados de prisão e quatro foram presos em flagrante, além de três mandados de condução coercitiva e 26 de busca e apreensão contra suspeitos da organização criminosa.

A quadrilha é a maior suspeita de ter cometido crimes nas cidades de Macaparana, Machados, São Vicente Ferrer, Santa Cruz do Capibaribe, Taquaritinga do Norte, Jataúba e Orobó, Mata Norte e Agreste do estado de Pernambuco. A Polícia Civil apreendeu armamento pesado, quantias de dinheiro, explosivos e veículos.

Dos alvos da Operação Sem Divisas, três estão dentro do sistema penitenciário. As investigações foram iniciadas há nove meses pela Delegacia de Policia de Roubos e Furtos (DPRF).

Veja também

Paciente peruano relata seu calvário ao contrair a varíola do macaco
Saúde

Paciente peruano relata seu calvário ao contrair a varíola do macaco

Ex-presidente paraguaio Fernando Lugo passa por traqueostomia
América Latina

Ex-presidente paraguaio Fernando Lugo passa por traqueostomia