Polícia faz ação para prender PMs acusados de roubo de carga

Policiais são suspeitos de desviarem uma carga roubada que deveria ter sido apreendida e apresentada à Polícia Civil

Em coletiva, Corregedoria e 7º BPM tratam da Operação PurificaçãoEm coletiva, Corregedoria e 7º BPM tratam da Operação Purificação - Foto: PMERJ/Divulgação

As polícias civil e militar fazem nesta quinta-feira (13) uma operação conjunta para cumprir 14 mandados de prisão contra policiais militares do Batalhão de São Gonçalo (7º BPM), na região metropolitana do Rio de Janeiro. Também estão sendo cumpridos 55 mandados de busca e apreensão.

Os policiais são suspeitos de desviarem uma carga roubada que deveria ter sido apreendida e apresentada à Polícia Civil. O caso ocorreu em maio deste ano, depois que caminhões de um frigorífico carregados de carne foram roubados em São Gonçalo. Os policiais localizaram os criminosos quando eles tentavam descarregar os veículos.

Os bandidos fugiram, deixando a carga, mais de 11 toneladas de carne, para trás. Ao registrar o caso na delegacia, no entanto, os policiais militares disseram que só conseguiram recuperar uma pequena parte da carga e apresentaram à Polícia Civil apenas 180 quilos de carne.

O restante, segundo a Polícia Civil, foi desviado em benefício dos próprios policiais militares. O caso só foi descoberto durante a investigação da morte de um policial militar durante outro roubo de carga ocorrido posteriormente, quando os investigadores conseguiram as imagens da ação dos PMs do Batalhão de São Gonçalo. Os suspeitos responderão pelo crime de peculato - desvio.

Veja também

Pernambuco recebe mais 310 mil doses de vacinas da Astrazeneca/Fiocruz
Vacina

Pernambuco recebe mais 310 mil doses de vacinas da Astrazeneca/Fiocruz

Pernambuco registra 964 novos casos da Covid-19 e 38 mortes
Coronavírus

Pernambuco registra 964 novos casos da Covid-19 e 38 mortes