Polícia Federal prende dois acusados de transportar clorofórmio ilegalmente

Foram apreendidas 200 garrafas de clorofórmio que seriam transportadas para a Paraíba

Apreensão de 200 garrafas de clorofórmio Apreensão de 200 garrafas de clorofórmio  - Foto: Divulgação

A polícia federal em Pernambuco prendeu em flagrante dois homens acusados de transportar clorofórmio, que seria utilizado na preparação de drogas ilícitas. As prisões ocorreram no dia 11 de outubro, em frente a uma transportadora, em Jaboatão dos Guararapes.

O estudante de biomedicina da Faculdade Santa Emília Rodat e morador de João Pessoa, Reny Allison Emiliano dos Santos, 27, e o motorista recifense, Luis Henrique de França Marques, 30, foram presos graças às denúncias e informações repassadas à polícia federal de uma empresa de medicamentos controlados. Ao averiguar as solicitações de compra de produtos, a empresa percebeu que havia algo de errado com a chegada de uma encomenda de produtos químicos controlados (200 garrafas de clorofórmio) e acionou a polícia para averiguar.

Leia também:
Polícia búlgara prende torcedores após atos racistas
TRF-5 intima o Estado de Pernambuco em caso da menina com doença rara

Uma equipe de policiais federais se dirigiu ao local para verificar a irregularidade e percebeu a presença de dois veículos que estavam prontos para deixar o local, um táxi da Paraíba onde estava Reny Allison e um Chevrolet classic dirigido por Luis Henrique de França. Na mala dos veículos foram encontradas as 200 garrafas de clorofórmio, a documentação de liberação dos produtos químicos eram falsos.

Além das 200 garrafas de clorofórmio também foram apreendidos o veículo, três celulares, um jaleco e várias documentações falsificadas. Os acusados foram autuados em flagrante por tráficos de drogas e encaminhados para o COTEL onde ficarão a disposição da Justiça Federal.

A polícia trabalha coma hipótese de que há mais pessoas envolvidas no caso, por isso, será uma instaurada uma investigação para saber quem eram os receptores do clorofórmio na Paraíba.

Veja também

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista
Coronavírus

Classes mais altas têm maior potencial de contaminação em repique de casos, diz infectologista

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria
internacional

Protestos contra violência policial deixam 56 mortos e fecham escolas na Nigéria