PF

Polícia Federal prende homem amarrado após surto em voo de Portugal para o Rio

Segundo a Polícia Federal (PF), já durante o embarque, ele não teria atendido "às normas de segurança da aeronave e apresentava agitação e sinais de embriaguez"

Cerca de uma hora após o início da viagem, passageiros do voo informaram que o homem estaria fumando no banheiro do aviãoCerca de uma hora após o início da viagem, passageiros do voo informaram que o homem estaria fumando no banheiro do avião - Foto: Reprodução / Diário de Notícias

Um homem com nacionalidade portuguesa e brasileira foi preso na última segunda-feira no Aeroporto do Galeão ao desembarcar de um voo, vindo da cidade do Porto, após “causar confusão” durante a viagem.

Segundo a Polícia Federal (PF), já durante o embarque, ele não teria atendido “às normas de segurança da aeronave e apresentava agitação e sinais de embriaguez”.

Cerca de uma hora após o início da viagem, passageiros do voo informaram que o homem estaria fumando no banheiro do avião. Segundo a PF, o homem, então, “teria se alterado e xingado a tripulação, iniciando uma confusão mais intensa”, tendo sido amarrado, em seguida, para que pudesse ser contido.

Após a chegada da aeronave ao Rio, o homem foi encaminhado à Superintendência Regional da PF, na Praça Mauá, para o registro do Auto de Prisão em Flagrante. Já na delegacia, parentes foram até o local e apresentaram um laudo médico de esquizofrenia do passageiro, além de uma receita de medicamento controlado.

Em contato com a reportagem, a assessoria da PF informou que uma audiência de custódia seria realizada ainda na terça-feira, mas que o resultado ainda não foi divulgado. Ainda segundo o órgão, o homem responderia à acusação em liberdade ou seria transferido para um hospital penitenciário, uma vez que ficou comprovada, por meio de laudos apresentados pela família, que o homem apresentava transtornos psiquiátricos e fazia uso regular de medicamento controlado.

Procurada pelo portal SIC, a TAP, responsável pelo voo, informou que não comentaria o caso, mas explicou que as "tripulações são treinadas de forma a executar as ações necessárias e adequadas, sempre no cumprimento dos procedimentos, regulamentos e leis aplicáveis, para assegurar que todos os passageiros acatam as regras de conduta e de segurança a bordo".

Veja também

Trump diz: 'fui atingido por uma bala que perfurou a parte superior da minha orelha direita'
ATENTADO

Trump diz: 'fui atingido por uma bala que perfurou a parte superior da minha orelha direita'

Biden diz que 'não há lugar para esse tipo de violência' após tiroteio em comício de Trump
SOLIDARIEDADE

Biden diz que 'não há lugar para esse tipo de violência' após tiroteio em comício de Trump

Newsletter