Polícia investiga se morte de menino em hotelzinho ocorreu por "descuido"

Delegado Gustavo Garcia começa a ouvir testemunhas nesta quarta-feira

ProvaProva - Foto: Pixabay

O corpo do menino de 3 anos que morreu na última terça-feira (29) em um hotelzinho em Caruaru foi liberado pelo Instituto de Medicina (IML) da cidade. A polícia investiga se houve descuido por parte do estabelecimento. O delegado responsável pelo caso, Gustavo Garcia, disse que vai começar a ouvir funcionários do hotelzinho ainda nesta quarta-feira (30).

Muito abalada, a mãe preferiu não falar sobre o assunto. No entanto, em um áudio encaminhado pelo Whatsapp e atribuído à mãe, uma mulher diz que o que aconteceu no hotelzinho foi por "permissão de Deus" e que as funcionárias do local sempre trataram ele muito bem.

Emannuel Tales Bezerra Gonçalves foi atingido no tórax por uma estante que virou sobre ele quando tentava escalar o móvel da escola onde passava as tardes, o hotelzinho Mundo Encantado, no bairro Santa Clara.

Veja também

Suspeito do acidente com morte na Estrada de Aldeia é liberado após pagar fiança de R$ 200 mil
RMR

Suspeito do acidente com morte na Estrada de Aldeia é liberado após pagar fiança de R$ 200 mil

TI Afogados operará como integração temporal a partir deste sábado, 31
Mobilidade

TI Afogados operará como integração temporal a partir deste sábado, 31