MUNDO

Polícia italiana encontra duas toneladas de cocaína no Mediterrâneo

Os pacotes estavam amarrados com uma grossa corda de pesca e contavam com um sistema de localização e sinalização luminosas

Polícia italiana encontra duas toneladas de cocaína no MediterrâneoPolícia italiana encontra duas toneladas de cocaína no Mediterrâneo - Foto: HANDOUT / Guardia di Finanza press office / AFP

Duas toneladas de cocaína, avaliadas em cerca de 400 milhões de euros (438 milhões de dólares, ou 2,15 bilhões de reais), foram descobertas em pacotes impermeáveis flutuando no Mediterrâneo perto da Sicília — informou a polícia italiana nesta segunda-feira (17).

Quase 70 pacotes hermeticamente fechados com 1.600 barras de cocaína foram localizados e recuperados na costa leste da ilha mediterrânea.

Esta é “uma das maiores apreensões de droga efetuadas em território nacional”, diz a Polícia Aduaneira em um comunicado.

Os pacotes estavam amarrados com uma grossa corda de pesca e contavam com um sistema de localização e sinalização luminosa.

Segundo os investigadores, “a droga foi, provavelmente, jogada ao mar por um cargueiro para ser recuperada e transportada para o continente”.
 

O tráfico de drogas na Europa é, em grande medida, controlado pela 'Ndrangheta, a poderosa máfia calabresa, que usa intermediários versáteis para introduzir cocaína na Europa.

A Europol calcula que o mercado varejista anual de cocaína no Velho Continente represente entre 7,6 bilhões e 10,5 bilhões de euros (entre 8,3 bilhões e 11,5 bilhões de dólares).

Veja também

UTIs vão reforçar hospitais de campanha no Rio Grande do Sul
Rio Grande do Sul

UTIs vão reforçar hospitais de campanha no Rio Grande do Sul

Eletrobras: trabalhadores poderão entrar em greve a partir de 3 de junho
Eletrobras

Eletrobras: trabalhadores poderão entrar em greve a partir de 3 de junho

Newsletter