Polícia Militar lança campanha para reforçar doação de sangue ao Hemope

A corporação está recrutando voluntários do batalhão para reforçar os estoques de sangue durante a pandemia do novo coronavírus

PM-PE lança campanha de doação de sangue ao HemopePM-PE lança campanha de doação de sangue ao Hemope - Foto: Arthur Mota / Folha de Pernambuco

Visando suprir a carência do banco de sangue do Hemope, que ficou ainda mais crítica neste período de pandemia do novo coronavírus, a Polícia Militar de Pernambuco iniciou, nesta quinta-feira (2), uma campanha de doação de sangue.

Mobilizando a corporação para recrutar voluntários para a missão, a PM elaborou um calendário e distribuiu para os quartéis e batalhões, dividindo-os a fim de evitar aglomerações e não comprometer o funcionamento do Hemocentro com uma lotação. Cerca de dez militares realizam a doação de manhã e outros dez à tarde. Nesse primeiro dia, PMs do Batalhão de Choque iniciaram as doações da campanha.

Leia também:
UPAE Petrolina vira unidade de tratamento para o novo coronavírus
Ação entrega ovos de chocolate a doadores de sangue do Hemope

De acordo com o tenente coronel Luis Claudio Brito, assessor de imprensa da PMPE, a instituição se sensibilizou com a situação da sociedade e resolveu iniciar essa campanha. "Nossa intenção é, acima de tudo, fortalecer o banco de sangue do Hemope, mas também engajar a nossa corporação em ações que pensem sempre no bem da sociedade", afirmou.

O soldado Adryan Victor, do Batalhão de Choque, acredita que essa ação é muito relevante, sobretudo pelo momento em que a população vive. "A escassez de sangue é um problema bastante recorrente. Agora, que a recomendação é o isolamento, o baixo estoque de sangue tende a se intensificar. É pensando no bem da sociedade que nós nos sentimos motivados a participar", declarou. Já para o cabo William Franklin, é um privilégio poder ajudar a população dessa forma. "Além de salvar vidas combatendo a criminilidade, esse é mais um meio que temos de mostrar que estamos a serviço das pessoas", finalizou.

Situação do Hemope
Segundo Gessiane Paulino, presidente do Hemope, houve uma redução de 30% do número de candidatos a doação. "Normalmente, contamos com uma média diária de 300 doadores. Nessa época de Pandemia, essa número caiu para cerca de 200", informou Gessiane. Ainda conforme Gessiane, o Hemope está disponibilizando o telefone 0800 081 1535 para agendamento de doações. "As pessoas podem entrar em contato conosco através do 0800 para agendar o melhor dia e horário para realizar a doação", complementou. Além dos agendamentos, o Hemope segue funcionando normalmente, de segunda-feira a sábado, das 7h15 às 18h30.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Avião de Bolsonaro arremete com fumaça de queimada em Mato Grosso
Queimadas

Avião de Bolsonaro arremete com fumaça de queimada em MT

Militares completam 180 dias de atuação no combate à pandemia no Nordeste
Coronavírus

Militares completam 180 dias de atuação no combate à pandemia no Nordeste