A-A+

Anjos da Guarda

Polícia mira rede de pedofilia com atuação no Agreste de Pernambuco

De acordo com a Polícia, foram expedidos dois mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão

ComputadorComputador - Foto: Pexels

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, nesta sexta-feira (23), a Operação Anjos da Guarda, com o objetivo de identificar e desarticular uma rede de pedofilia com atuação nas cidades de Caruaru, Santa Cruz e Surubim, no Agreste do Estado.

De acordo com a corporação, foram expedidos dois mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão domiciliar. As ordens judiciais foram expedidas pela Primeira Vara Criminal da Comarca de Caruaru.

A quadrilha é suspeita de praticar crimes como estupro de vulnerável, favorecimento para exploração sexual, produção de pornografia, agenciamento de produção pornográfica, armazenamento de pornografia e aliciamento de criança.

As investigações começaram em março de 2021 e são vinculadas à Diretoria Integrada I (Dinter I), sob a presidência do delegado Valdo Verçosa, titular da Delegacia de Polícia da 90ª Circunscrição de Caruaru.

Ao todo, 50 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, participam da execução da operação.

Mais detalhes sobre a Operação Anjos da Guarda serão repassados pela Polícia Civil em coletiva de imprensa, nesta sexta-feira, em Caruaru.

Veja também

EUA planejam retomar em novembro politica 'Fique no México'
Estados Unidos

EUA planejam retomar em novembro politica 'Fique no México'

Empresa lança cão robô armado e web compara com episódio de 'Black Mirror'
Robótica

Empresa lança cão robô armado e web compara com episódio de 'Black Mirror'