Polícia peruana

Polícia peruana desmantela organização que traficava armas ao Equador

Durante uma operação em Piura e Tumbes, províncias fronteiriças com o Equador

Durante uma operação em Piura e TumbesDurante uma operação em Piura e Tumbes - Foto: Cris Bouroncle/AFP

A polícia do Peru anunciou, nesta quarta-feira (13), que desmantelou uma rede dedicada ao tráfico interno de armas para o Equador, país assolado pela violência de gangues do narcotráfico.

Durante uma operação em Piura e Tumbes, províncias fronteiriças com o Equador, foram capturadas 18 pessoas e apreendidas 270 armas curtas e longas.

As autoridades peruanas não descartam que uma das armas vendidas pela organização "Los Abastecedores de Lima y Callao" no Equador possa ter sido usada no assassinato do candidato presidencial Fernando Villavicencio, em agosto de 2023.

"A informação que o Ministério Público de Crime Organizado tem, juntamente com nossa polícia, é que uma dessas armas que saiu justamente desta empresa teria sido usada no assassinato do ex-candidato presidencial do Equador", disse o promotor Jorge Chávez à imprensa.

Segundo o Ministério Público, a rede adquiria armas legalmente em lojas autorizadas, como a El Cazador em Lima.

"Eles ofereciam as armas no mercado negro tanto no país como no exterior, principalmente no Equador", acrescentou a autoridade.

A polícia detalhou em uma rede social que a gangue recrutava "pessoas de recursos econômicos escassos para que solicitassem licenças para uso de armas, depois as compravam, as transferiam para outras pessoas ou denunciavam o roubo ou furto das armas de fogo adquiridas".

O Peru regula a venda e o porte de armas sob licença e em casos excepcionais.

Em fevereiro, o chefe de investigação criminal da polícia peruana indicou que autoridades equatorianas haviam confirmado que uma das armas usadas no assassinato de Villavicencio tinha registro peruano.

Veja também

Polícia diz que ataque em igreja australiana foi ato terrorista
Mundo

Polícia diz que ataque em igreja australiana foi ato terrorista

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de US$ 620 mil
EUA

Casal Biden publica declaração de renda, com receitas de US$ 620 mil

Newsletter