Crime

Polícia prende padrasto e vizinho por estupro de menina de 11 anos com problemas mentais em Jaboatão

Abusos ocorriam na casa da família e em um imóvel abandonado, no bairro de Piedade

Vizinho usava imóvel abandonado para praticar os abusosVizinho usava imóvel abandonado para praticar os abusos - Foto: Cortesia

O padrasto e o vizinho de uma menina de 11 anos com problemas mentais foram presos em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR), suspeitos de estuprar a menor.

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, em nota divulgada nesta segunda-feira (15), o padrasto, de 47 anos, foi preso na última quarta-feira (10). 

O homem abusava sexualmente da enteada na casa da família quando a mãe dela ia à igreja, segundo a polícia. Os abusos ocorriam há anos.

"O preso foi companheiro da genitora por 11 anos tendo se separado quando o caso foi 'denunciado'", disse a polícia.

Além do padrasto, também foi preso um vizinho de 53 anos. Os estupros desse segundo suspeito, segundo a Polícia Civil, ocorriam em um imóvel abandonado situado ao lado da casa dele. 

O vizinho mostrava vídeos pornográficos à menina no local e oferecia dinheiro para cometer os abusos, acrescenta a polícia.

De acordo com a titular da Delegacia da Criança de Jaboatão dos Guararapes, a delegada Vilaneida Aguiar, os suspeitos serão investigados de forma separada, porque não havia uma relação entre os estupros.

"São fatos distintos, apesar de ser a mesma criança. Não se constatou ligação entre eles. O padrasto praticava os atos dentro da residência, o vizinho no imóvel e na casa dele. Em tempos diferentes e locais diferentes", explicou a delegada

Vilaneida acrescenta que a denúncia chegou através do Conselho Tutelar. A mãe poderá ser investigada por omissão. 

"A mãe totalmente omissa, teve que vir gente de fora para poder ser investigado. A criança fala que contou e a mãe não fez nada", continuou a delegada.

O vizinho já havia sido condenado por estupro da neta de uma companheira. Em 2019, foi decretada a prisão de 20 anos pelo crime, mas ele seguia solto. Os mandados de prisão temporária foram expedidos pela Primeira e Segunda Varas Criminais da cidade de Jaboatão dos Guararapes.

Ambos foram encaminhados ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na RMR, onde seguem à disposição da Justiça.

Veja também

'Arraiá da Castração' promove cirurgias de cães e gatos a preços populares
Folha Pet

'Arraiá da Castração' promove cirurgias de cães e gatos a preços populares

Brasil registra 17,4 milhões de casos e 488,2 mil mortes por Covid
Boletim

Brasil registra 17,4 milhões de casos e 488,2 mil mortes por Covid