Polícia prende quatro pessoas em tentativa de ocupação em escola

Confusão aconteceu na manhã desta quinta feira, às 8h, no bairro do Ibura

Sede do Ministério Público Federal (MPF) em PernambucoSede do Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Nesta quinta-feira (10) os alunos da Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) Dom Sebastião Leme, no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife, tiveram uma manhã tumultuada em frente à instituição de ensino.

Por volta das 8h os estudantes foram impedidos de entrar no local porque tinham como objetivo montar uma ocupação contra mudanças ocorridas na educação. O ato também é um manifesto que se opõe a Proposta de Emenda Constitucional (PEC). A polícia foi acionada e quatro estudantes foram detidos por desacato.

“Os alunos queriam ocupar a escola e fazer uma reunião na quadra, mas a polícia não quis conversar, chegaram ameaçando e usando força para conter os jovens”, relatou Tânia Gabriela, que trabalha voluntariamente na instituição.

Cícero da Silva, de 21 anos, que também trabalha voluntariamente dando aulas de filosofia, disse que o diretor não quis que ninguém entrasse no local porque os alunos queriam ocupar a escola. “Os alunos estavam fazendo protesto e nós fomos lá para acalmar eles e aconselhar para não vandalizar. A partir daí o diretor chamou a polícia, os alunos se assustaram e ele (o diretor) alegou que nós estávamos fazendo vandalismo, quando não estávamos, se alguém vandalizou foi para criminalizar o movimento”, explica.

Veja também

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19
Coronavírus

Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por Covid-19

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 157 novos casos e 10 óbitos nas últimas 24h