Crime

Polícia prende suspeitos de roubos e adulteração de veículos em Pernambuco

De acordo com a corporação, quadrilha era especializada em roubar e adulterar sinais identificadores de veículo

Ferramentas usadas para adulterar os veículos foram apreendidas pela políciaFerramentas usadas para adulterar os veículos foram apreendidas pela polícia - Foto: Divulgação/Polícia Civil de Pernambuco

Quatro membros de uma organização criminosa apontada pela Polícia Civil de Pernambuco como responsável por comandar roubos e adulteração e veículos de dentro de presídios foram presos. 

Dois líderes da organização criminosa eram detentos que estavam no sistema prisional de Pernambuco e que foram identificados com apoio da Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).

Os detalhes das investigações e das prisões da Operação Encomenda foram apresentados pela corporação nesta quarta-feira (23).

As investigações tiveram início em maio deste ano com o objetivo de identificar membros da organização criminosa. Segundo a polícia, a quadrilha era especializada em roubar, furtar e adulterar sinais identificadores de veículos e suas documentações. 

A atuação da quadrilha consistia no roubo de veículos por encomenda dos presos. Após a ação criminosa, os autores dos roubos levavam os veículos para um sítio no município de Glória de Goitá, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, onde eram adulterados os sinais característicos de identificação, falsificada a documentação e reinseridos no mercado para venda.

As prisões ocorreram quando dois dos integrantes da organização criminosa estavam em um supermercado em Vitória de Santo Antão, também na Mata Norte, negociando uma Hilux, já adulterada, ocasião em que foram abordados pelos policiais.

A operação ainda apreendeu dois veículos roubados: uma Amarok e a Hilux; um revólver e munições e ferramentas para adulteração veicular.

Veja também

Projeto doa próteses auditivas a pessoas em situação de vulnerabilidade em Paulista
RMR

Projeto doa próteses auditivas a pessoas em situação de vulnerabilidade em Paulista

Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid-19, anuncia ministro
Imunização

Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação contra Covid-19, anuncia ministro