Duplo feminicídio

Polícia segue buscas por suspeito de matar duas mulheres nos últimos dias em Glória do Goitá

Equipes das polícias Civil e Militar estão na área rural da cidade, em busca de Edson Cândido Ribeiro, de 36 anos

Edson Cândido Ribeiro, de 36 anos, suspeito de assassinar duas jovens em Glória do GoitáEdson Cândido Ribeiro, de 36 anos, suspeito de assassinar duas jovens em Glória do Goitá - Foto: Reprodução

Após os dois casos de feminicídio registrados em Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, nos últimos dias, a polícia segue em busca do principal suspeito dos crimes. As investigações apontam que Edson Cândido Ribeiro, de 36 anos, é o suspeito de ter assassinado Kauany Mayara Marques da Silva, de 18 anos, e de haver estuprado e assassinado Jailma Muniz de Souza, de 19 anos. Desde essa segunda-feira (31), as polícias Civil e Militar realizam buscas pela área rural da cidade, onde Edson pode estar escondido.

As buscas iniciaram na manhã da segunda-feira após a polícia encontrar o corpo de Jailma Muniz de Souza, de 19 anos, que foi estuprada e assassinada com golpes de arma branca, na região do Sítio Cueiras, na zona rural do município.

De acordo com parentes, Jailma levava comida para a mãe e o irmão, que trabalham na agricultura, quando foi abordada pelo suspeito, por volta das 7h30. O corpo de Jailma foi encontrado a cerca de 100 metros de onde ela morava com a família. 

Já nesta terça-feira (1), o corpo de Kauany Mayara Marques da Silva, de 18 anos, que estava desaparecida desde o sábado (29), foi achado dentro de um bueiro, em estado avançado de decomposição. 

Após investigações e reconhecimento, Edson foi apontado como o suspeito de ter praticado os dois crimes. O suspeito é morador da cidade e já foi preso por crimes de roubo e estupro.

De acordo com populares, após assassinar Kauany, Edson teria tentado se esconder dentro da cidade, onde tentou atacar outras duas mulheres, que conseguiram fugir. Logo depois, seguiu em direção à zona rural, onde estuprou e assassinou Jailma.

Ainda pela manhã da segunda-feira, um homem foi atacado por Edson com golpes de facão, em uma estrada na área rural do município, mas conseguiu se desvencilhar do suspeito e fugiu. 

Os crimes chocaram a região e autoridades do estado se dirigiram até a cidade. A deputada estadual e delegada Gleide Ângelo foi até Glória do Goitá, acompanhada da secretária de Estado da Mulher, Ana Elisa Sobreira, para prestar apoio às famílias das vítimas e acompanhar as investigações e a busca pelo suspeito. 

"O sentimento aqui em Glória do Goitá é que as mulheres estão apavoradas porque na zona rural há informação de que ele se encontra por lá. Falei com elas hoje e me disseram que estão amedrontadas, inseguras de ficarem em casa. É um clima pavoroso porque é uma cidade pacata, não tem esse histórico de violência e, de repente, se depara com um criminoso, um assassino, que mata duas mulheres. Conversei com as famílias das duas vítimas e todo mundo está muito abalado com o que está acontecendo na cidade", disse a deputada estadual e delegada Gleide Ângelo. 

As buscas seguem pela noite desta terça, reunindo equipes da Polícia Civil, batalhões da Polícia Militar de Vitória de Santo Antão e Glória do Goitá, além de cães farejadores e um helicóptero, vasculhando a região do Sítio Cueiras, onde o corpo de Jailma foi encontrado. A área de mata é de difícil acesso e fica às margens da PE-50.  

Veja também

Blinken cita 'divergência real' por fala de Lula sobre Israel, mas destaca aliança
POLÊMICA

Blinken cita 'divergência real' por fala de Lula sobre Israel, mas destaca aliança

Medicamento para a asma pode prevenir riscos de alergias alimentares, diz estudo
PESQUISA

Medicamento para a asma pode prevenir alergias alimentares