Policiais civis cruzam os braços nesta quinta

Além da paralisação, os agentes realizaram um ato no Marco Zero, no Bairro do Recife

DumboDumbo - Foto: Disney/Divulgação

Em protesto por melhores condições de trabalho, policiais civis de Pernambuco cruzaram os braços nesta quinta-feira (13) e serviços ao público, como a prestação de atendimento em delegacias, devem ficar prejudicados no Estado. Além da paralisação, os agentes realizaram um ato na Praça do Marco Zero, no Bairro do Recife, região central da capital pernambucana. Cerca de duas mil cruzes foram espalhadas durante a manifestação.

“Estamos lutando por melhorias nas condições do nosso trabalho, pela valorização dos policiais e pelo cumprimento, por parte do governo, da implantação do Plano de Cargos e Carreiras”, explicou o assessor de imprensa do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Simpol-PE), Márcio Santos.

De acordo com ele, as cruzes serão usadas em alusão a insegurança no estado. “A segurança pública está falida. Este ano, já são 3,5 mil assassinatos. É um número de guerra”, concluiu. O ato está marcado para as 9h da manhã e deve se estender ao longo do dia.

Veja também

Confirmadas 1.300 mortes pela Covid-19 no Brasil nas últimas 24h
Coronavírus

Confirmadas 1.300 mortes pela Covid-19 no Brasil nas últimas 24h

Ivermectina está entre drogas mais testadas contra Covid-19, mas não atrai líderes de pesquisas
Coronavírus

Ivermectina está entre drogas mais testadas contra Covid-19, mas não atrai líderes de pesquisas