Notícias

Policiais envolvidos em acidente no Morro da Conceição são afastados

Durante o período, eles terão acompanhamento psicológico e farão serviços administrativos

De acordo com o secretário da SDSCJ, Sileno Guedes, a caminhada vai celebrar o mês da Consciência Negra e reafirmar a necessidade da população discutir e refletir sobre a violência contra a juventude negra, o feminicídio e a ampliação de direitosDe acordo com o secretário da SDSCJ, Sileno Guedes, a caminhada vai celebrar o mês da Consciência Negra e reafirmar a necessidade da população discutir e refletir sobre a violência contra a juventude negra, o feminicídio e a ampliação de direitos - Foto: Divulgação

Os policiais militares envolvidos no acidente que vitimou fatalmente duas pessoas no Morro da Conceição, no último sábado (7), ficarão afastados, temporariamente, do trabalho em campo. Durante o período, eles terão acompanhamento psicológico e farão serviços administrativos.

O 11° Batalhão de Polícia Militar (BPM) reforçou o socorro prestado às vítimas e o apoio dado aos familiares. A perícia deve ser concluída em até 30 dias. A velocidade em que a viatura estava ainda não foi confirmada e as imagens de câmeras de segurança vão passar por análise.

O policial Ronaldo Ferreira de Lira, que conduzia a guarnição, tem dois anos de corporação. "Ele é um policial experiente, com curso de condutor de emergência e conhecia a área. A polícia pode andar na contra mão durante uma situação de emergência e foi esse o caso. O que aconteceu foi uma fatalidade e esperamos que todo o trabalho feito pela corporação não seja esquecido devido ao caso", disse o tenente coronel Ronaldo Tavares, do 11° BPM.

Segundo o comandante, o giroflex (as luzes) da viatura estavam ligadas e a falta da sirene será investigada durante a sindicância. O segundo PM, Jailson Lima, atua há três anos junto a corporação. Ambos aparentam ter em torno de 28 e 30 anos. Quatro pessoas também ficaram feridas no capotamento da viatura, entre elas os policiais.

Veja também

Um morto e 29 feridos em explosão de fábrica de pólvora perto de Bogotá
COLÔMBIA

Um morto e 29 feridos em explosão de fábrica de pólvora perto de Bogotá

Argentina considera ''equivocada'' decisão do TPI de ordenar prisão de Netanyahu
POSICIONAMENTO

Argentina considera ''equivocada'' decisão do TPI de ordenar prisão de Netanyahu

Newsletter