Zona Oeste

Policial civil e guarda municipal são presos em flagrante no Recife por extorsão

Prisão ocorreu em frente a uma agência bancária situada na avenida Caxangá, na Zona Oeste da capital

Grupo de Operações Especiais (GOE)Grupo de Operações Especiais (GOE) - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Um policial civil e um guarda municipal de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, foram presos em flagrante por extorsão, no Recife.

A prisão ocorreu em frente a uma agência bancária situada na avenida Caxangá, na Zona Oeste da capital, na segunda-feira (8), segundo informou a Polícia Civil do Estado (PCPE).

Além de extorsão, os homens, cujos nomes não foram divulgados, que têm 39 e 40 anos, também foram autuados por porte ilegal de arma de fogo.

Os servidores foram encaminhados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, para a realização dos procedimentos cabíveis.

Crime
A PCPE não divulgou detalhes do crime, mas, em entrevista à TV Guararapes, um homem, que preferiu não se identificar, informou que os homens detiveram o filho dele alegando porte de armas e drogas e um mandado de prisão em aberto.

Para não cumprir o suposto mandado, eles teriam pedido ao pai do jovem a quantia de R$ 150 mil. Inicialmente, o genitor, que alega desconhecer o mandado contra o filho, chegou a entregar um veículo aos homens, que soltaram o rapaz.

Na sequência, o pai acionou o GOE, que fez a prisão do policial civil e do guarda municipal no momento em que eles sacariam a suposta quantia no banco.

Veja também

Valdemar afirma ter sido comunicado por Tarcísio sobre filiação ao PL: 'Ele vem antes das eleições'
troca de partido

Valdemar afirma ter sido comunicado por Tarcísio sobre filiação ao PL: 'Ele vem antes das eleições'

Buscas ao presidente prosseguem no Irã após acidente de helicóptero
Acidente

Buscas ao presidente prosseguem no Irã após acidente de helicóptero

Newsletter