Ponte do Janga é liberada e duplicação deve terminar em três meses

A partir de agora, a obra segue com o trânsito liberado, e o itinerário de ônibus, que tinha sido modificado, volta ao normal

Vigas foram instaladas na ponte do JangaVigas foram instaladas na ponte do Janga - Foto: Divulgação/Prefeitura do Paulista

Após ser bloqueada, na última sexta-feira (28), para a passagem de dois guindastes e uma carreta com vigas de concreto armado, bases da construção de uma nova estrutura, a ponte do Janga, no Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), foi liberada na noite do domingo (30) para a passagem de pedestres e de veículos.

A partir de agora, a obra segue com o trânsito liberado, e o itinerário de ônibus, que tinha sido modificado, volta ao normal. A expectativa é de que a conclusão da duplicação da ponte aconteça dentro de um prazo de três meses. Segundo a prefeitura do Paulista, a obra, que envolveu cerca de 50 profissionais, terminou seis horas antes do previsto, por volta das 18h.

Leia também:
Ponte do Janga será interditada para conclusão de obra; confira desvios
Interdição da ponte do Janga altera o itinerário de dez linhas de ônibus


A construção da ponte do Janga faz parte da fase final da duplicação da avenida Cláudio Gueiros Leite, conhecida como PE-01, rodovia que liga o município de Olinda ao de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Em média, a PE-01 recebe 50 mil veículos por dia.

Veja também

Ideologia levam médicos a receitar tratamento precoce contra Covid, diz presidente da AMB
Medicina

Ideologia levam médicos a receitar tratamento precoce contra Covid, diz presidente da AMB

Tornado deixa um morto e vários feridos no Alabama
Desastre natural

Tornado deixa um morto e vários feridos no Alabama