Pontes do Centro do Recife começam a ser recuperadas

Promessa da prefeitura é de realçar a beleza dos equipamentos e reforçar a segurança. Outros pontos devem ser contemplados a partir de janeiro.

Banda 47Soul é formada por membros da Palestina e JordâniaBanda 47Soul é formada por membros da Palestina e Jordânia - Foto: Marcos Hermes/ Flickr Mimo 15 anos

 

Quatro pontes do Centro do Recife devem passar por requalificação até o dia 20. O trabalho faz parte de um projeto de requalificação, encabeçado pela Emlurb. Com investimento de R$ 130 mil serão reparadas as pontes do Limoeiro, Maurício de Nassau, Buarque de Macedo e 12 de Setembro (Giratória). A promessa da prefeitura é de realçar a beleza dos equipamentos e reforçar a segurança. Outros pontos devem ser contemplados a partir de janeiro.
“Além da ação de vândalos, há muita deterioração em virtude da maresia, o que acaba implicando na conservação. Também temos os pontos utilizados por pescadores, que acabam com um grande desgaste no concreto”, explica a diretora de Manutenção da Emlurb, Fernandha Batista. Segundo ela, já foi iniciado o planejamento para o próximo semestre: “Estamos tomando ciência das necessidades e captando recursos. A ideia é de fazer serviços em todas as pontes da cidade”.
Oito pontes cortam a região central da cidade fazendo caminhos sobre os rios Capibaribe e Beberibe. A conexão ocorre entre os bairros do Recife, de Santo Antônio, São José, da Boa Vista e de Santo Amaro. Em comum a todas está a necessidade de manutenção. Os problemas incluem a recuperação de calçadas, luminárias, pintura, guarda-corpos e pavimento. Alguns itens já representam risco a pedestres e motoristas.

 

Veja também

Áreas de lazer reabertas atraem milhares de cariocas em domingo de sol
RIO DE JANEIRO

Áreas de lazer reabertas atraem milhares em domingo de sol

Espanha determina confinamento de 200 mil pessoas
Coronavírus

Espanha determina confinamento de 200 mil pessoas