Ponto de viaduto que desabou em Brasília não passou por manutenção, admite governador

“Brasília é uma cidade que está envelhecendo. Estamos fazendo obras mas, infelizmente, essa é uma área onde não foi feita manutenção”, disse Rodrigo Rollemberg

O trecho de uma via expressa na região do Eixo Monumental desabou em Brasília O trecho de uma via expressa na região do Eixo Monumental desabou em Brasília  - Foto: Sergio Lima/AFP

No local do acidente com um viaduto da principal via de Brasília – o Eixão Sul – o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, admitiu que, apesar de áreas próximas ao desabamento terem passado por reforma, não houve manutenção no ponto onde aconteceu o acidente. “Brasília é uma cidade que está envelhecendo. Estamos fazendo obras mas, infelizmente, essa é uma área onde não foi feita manutenção”, disse.

Leia também:
Parte de viaduto desaba no eixo rodoviário de Brasília


O gestor destacou que o governo centrará esforços na recuperação da área. “Estamos avaliando o que fazer para recuperar o viaduto. Todos os órgãos de governo que podem contribuir estão aqui”, disse Rollemberg, referindo-se à Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e a secretarias de governo.

Entenda o caso:
O trecho de uma via expressa na região do Eixo Monumental desabou em Brasília nesta terça-feira (7). Estabelecimentos comerciais, incluindo uma churrascaria, funcionam na região do desabamento. O local foi interditado. Mais conhecido como Eixão, o Eixo Rodoviário de Brasília liga os extremos das asas sul e norte, que são os principais bairros de Brasília.

No centro da cidade, a via cruza o Eixo Monumental, outra via importante do Plano Piloto e na qual estão as sedes dos ministérios, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto. Bombeiros e policiais militares cercam a área. Um helicóptero da PM sobrevoa de perto o setor.

Outro acidente

No último domingo (4), a laje de uma garagem subterrânea desabou em um prédio no Distrito Federal. O acidente, em um condomínio de luxo no bloco C da 210 Norte, esmagou 25 carros. Ninguém ficou ferido.

Veja também

Brasil acumula 141.406 mortes pelo novo coronavírus
Saúde

Brasil acumula 141.406 mortes pelo novo coronavírus

Trump indica Amy Coney Barrett para Suprema Corte
internacional

Trump indica Amy Coney Barrett para Suprema Corte