Protesto

População afetada pelas chuvas cobra pagamento do auxílio em protesto na BR-101

Manifestantes atearam fogo em pneus e fecharam os dois sentidos no km 70, da BR-101

Protesto no km 70, da BR-101Protesto no km 70, da BR-101 - Foto: Divulgação/PRF

Moradores do Recife, afetados pelas fortes chuvas registradas no mês de maio, atearam fogo em pneus e fecharam, na manhã desta terça-feira (5), os dois sentidos no km 70, da BR-101, nas proximidades do prédio da Justiça Federal.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no local, a população reivindica o pagamento do Auxílio Municipal e Estadual (AME), de R$ R$ 2.500, destinado às vítimas do desastre. O protesto começou por volta das 10h e foi pausado às 11h30, após presença do Corpo de Bombeiros na área, retomando às 14h.

Procurada pela reportagem da Folha de Pernambuco, a Prefeitura do Recife não informou o prazo para pagamento dos valores. Por meio de nota, a gestão da cidade afirmou que 32 mil famílias foram cadastradas para receber o benefício, e que, deste total, 10,3 mil tiveram o valor disponibilizado até o momento, sendo repassados R$ 25,7 milhões.


A prefeitura informou, ainda, que o auxílio é destinado às famílias mais vulneráveis do Recife, que moram em áreas afetadas mapeadas pela Defesa Civil e Assistência Social, que estejam cadastradas ou atendam ao perfil do CadÚnico e habitem em uma das 145 Comunidades de Interesse Social (CIS) de áreas alagadas.

"No momento, a Prefeitura pleiteia, junto ao Governo Federal a liberação de recursos do FGTS para mitigar o sofrimento das famílias que não estão em áreas CIS ou que não possuem perfil para CadÚnico, mas que foram afetadas", informou.

A gestão disse, também, que a população com dúvidas sobre o recebimento do auxílio deve entrar em contato pelo 0800.2810313, que funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou pelo whatsapp (81) 9 9117.1407.


Confira nota da Prefeitura do Recife na íntegra:

"A Prefeitura do Recife estima que entre vinte e trinta mil famílias devem receber o Auxílio Municipal e Estadual (AME), num desembolso total que pode chegar a R$ 45 milhões em recursos municipais e mais R$ 30 milhões em recursos do tesouro estadual, um investimento de R$ 75 milhões para socorrer as vítimas em vulnerabilidade social das áreas afetadas do Recife.

Como os recursos são limitados, o AME é destinado às famílias mais vulneráveis do Recife que 1 ) morem em áreas afetadas mapeadas pela Defesa Civil e Assistência Social; 2) Atendam ao perfil do CadÚnico e 3) habitem em Comunidades de Interesse Social (CIS) de áreas alagadas. (Atualmente, há 145 localidades em Recife neste perfil). No momento, a Prefeitura pleiteia, junto ao Governo Federal a liberação de recursos do FGTS para mitigar o sofrimento das famílias que não estão em áreas CIS ou que não possuem perfil para CadÚnico, mas que foram afetadas. Atualmente, mais de 32 mil famílias foram cadastradas e mais de 10,3 mil destas já foram beneficiadas, com desembolsos da ordem de 25,7 milhões.

A Prefeitura do Recife orienta a população que criou mais um novo canal de comunicação para quem deseja tirar dúvidas sobre o Auxílio Municipal e Estadual (AME), apoio financeiro destinado às famílias afetadas pelas chuvas que atingiram o município. Os munícipes podem tirar suas dúvidas através  do 0800.2810313, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Outra opção para tirar dúvidas antes de deslocamentos é o whatsapp oficial da Prefeitura, através do (81) 9 9117.1407."

Veja também

Alimentos úmidos: mais hidratação e nutrição na dieta de um pet
Folha Pet

Alimentos úmidos, como sachês e patês, fornecem mais hidratação e nutrição

Rússia quer conectar usina de Zaporizhzhia à Crimeia, diz operador ucraniano
Guerra

Rússia quer conectar usina de Zaporizhzhia à Crimeia, diz operador ucraniano