coronavírus

População de SP será uma das primeiras do mundo a ser vacinada contra a Covid-19, diz Doria

Nesta quarta (30), o governador assinou o contrato de fornecimento de 40 milhões de doses da CoronaVac

João Doria, governador de São PauloJoão Doria, governador de São Paulo - Foto: Flickr/Governo de São Paulo

Os profissionais de saúde do estado de São Paulo começarão a ser vacinados contra a Covid-19 em 15 de dezembro. De acordo com o governador, João Doria, o estado será um dos primeiros locais do mundo a ter vacinação contra a doença.

Em entrevista coletiva nesta quarta (30), o governador assinou o contrato de fornecimento de 40 milhões de doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo laboratório Sinovac em conjunto com o Insituto Butantã. O lote chegará à São Paulo em dezembro.

Até fevereiro, mais 14 milhões de doses chegarão ao estado, totalizando, 60 milhões de doses -outras 6 milhões de doses chegam ao estado já em outubro. O material ficará armazenado até que o ensaio clínico de fase 3 seja concluído no dia 15 de outubro e as autoridades sanitárias do Brasil autorizem a vacinação.

Veja também

Anticorpos contra Covid-19 continuam em alta 5 meses após infecção, diz novo estudo
Coronavírus

Anticorpos seguem em alta 5 meses após infecção, diz novo estudo

Brasil tem 158,4 mil mortes por Covid-19 desde início da pandemia
boletim

Brasil soma mais de 158 mil mortes por Covid-19 desde o início da pandemia