Porto de Santo Antônio, em Fernando de Noronha, passa por serviço de remoção de entulhos

Nesta quarta-feira (9), o serviço continua com a transferência dos barcos ancorados na praia para uma área definitiva.

Sebastião Oliveira (PR)Sebastião Oliveira (PR) - Foto: FolhaPE

Um serviço de remoção de entulhos e organização de barcos desativados dentro do planejamento de reordenamento do comércio e embarcações de pequeno porte na praia do Porto de Santo Antônio é realizado pela administração de Fernando de Noronha desde a manhã da última terça-feira (08). Nesta quarta-feira (9), o serviço continua com a transferência dos barcos ancorados na praia para uma área definitiva.

Após o remanejamento das embarcações, o reordenamento seguirá com mais três etapas: o ordenamento dos barcos ancorados na faixa de praia que ganham um novo espaço, a padronização dos estabelecimentos comerciais com um novo layout e a finalização com ações educativas sobre normas sanitárias, mudanças no tráfego de veículos, além de informativos turísticos e sinalizações náuticas.

A ação tem como objetivo realizar uma limpeza na área para retirada dos dejetos acumulados na faixa de areia, como placas de ferro, madeiras e aparelhos enferrujados. Até o momento já foram recolhidos cerca de 6 toneladas de entulhos, segundo pesagem realizada pela UTS.

Os comerciantes que atuam na praia vão ser transferidos para uma área logo acima do porto. Com isso, a faixa de areia ficará totalmente livre para os turistas.

Píer
Nesta quinta-feira (10), será inaugurado novo píer de embarque e desembarque de turistas que estava interditado na ilha desde o último swell (ondas gigantes). O píer ganhou uma nova rampa e o flutuante foi totalmente reformado, proporcionando a atracação de até dois barcos simultaneamente. Além disso, luminárias em LED foram instaladas em toda a passarela do porto.

Veja também

Dez capitais apresentam sinais de crescimento da Covid-19, diz Fiocruz
Coronavírus

Dez capitais apresentam sinais de crescimento da Covid-19, diz Fiocruz

Pernambuco alcança a marca de 600 mil exames para Covid-19
Coronavírus

Pernambuco alcança a marca de 600 mil exames para Covid-19