Postos que venderem gasolina por mais de R$ 4,60 serão interditados

Estabelecimento também será multado em R$ 500 mil. Anúncio foi feito pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico

Postos não poderão vender gasolina por mais de R$ 4,60Postos não poderão vender gasolina por mais de R$ 4,60 - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Os postos de combustíveis que venderem o litro da gasolina por mais de R$ 4,60 serão interditados, afirma o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico. Além da interdição, o estabelecimento será multado em R$ 500 mil.

O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (24), após flagrar um estabelecimento no Forte do Brum, no Bairro do Recife, comercializando o líquido por R$ 5,89. "O posto seria interditado, mas negociamos com a gerência do estabelecimento. Ficou decidido que o posto se enquadraria ao valor que pode ser cobrado: entre R$ 4,48 e 4,60", disparou o secretário. 

A fiscalização é realizada no Grande Recife. Além da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, participam da vigilância a Polícia Militar de Pernambuco e o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon). O secretário informou que, durante a fiscalização, já encontrou muitos postos de combustíveis fechados.

Na noite da última quarta-feira (23), um posto localizado na avenida Antônio de Góes, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, que estava cobrando R$ 8,99 o litro da gasolina e R$ 6,99 pelo litro do etanol foi interditado. O proprietário foi multado em R$ 500 mil. 

Dois postos localizados na avenida Norte, no bairro de Santo Amaro, na área Central do Recife, foram autuados, cobrando R$ 5,59 e R$ 4,99. Um outro estabelecimento que cobrava R$ 4,89 foi autuado no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.

O preço abusivo descumpre o artigo 39, inciso X, do Código de Defesa do Consumidor (CDC), elevar sem justa causa o preço de produtos ou serviços. Para denúncias, é possível entrar em contato com o Procon Recife nos telefones 0800 28 11 311 e 3355-3290, além do e-mail [email protected]


Veja também

Novo apagão atinge cidades do Amapá
BLECAUTE

Novo apagão atinge cidades do Amapá

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h
MARCA

Brasil aplica mais de 1,7 milhão de vacinas contra Covid em 24h