Praia de Boa Viagem sem banhistas neste domingo

Neste domingo, população respeitou decreto do governo que limitou acesso à faixa de areia. Frequentadores se limitaram ao calçadão

Vagas de estacionamento foram interditadasVagas de estacionamento foram interditadas - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Poucas pessoas desobedeceram a determinação do governo de Pernambuco para o fechamento de praias e parques do Estado, na manhã deste domingo (5). A medida, que segue até segunda-feira (6), inibiu boa parte da população que costuma circular na faixa de areia, principalmente nos fins de semana. Ainda assim, houve movimento no calçadão, com gente caminhando e passeando de bicicleta.

O monitoramento é feito pela Guarda Municipal, Controle Urbano e Polícia Militar. Na avenida Boa Viagem, a faixa de areia, que já não permite barracas e comércio ambulante, ficou completamente vazia. Um cenário bem diferente dos últimos domingos, quando as pessoas ainda saiam para andar perto do mar. Um morador de rua, que costuma guardar carros próximo ao edifício Acaiaca, arriscou tomar banho e logo foi orientado pelos guardas. O mesmo aconteceu com um senhor que se dirigiu ao mar e, em poucos minutos, precisou sair. 

A ação, que começou no último sábado (4), no entanto, dividiu a opinião dos frequentadores. “Se a praia fornecesse algum tipo de risco, porque não isolar tudo ao invés de deixar só uma parte de acesso?”, questionou o empresário Alberto Ramos, 54, enquanto fazia seus exercícios de todo fim de semana. Sozinha, a autônoma Dalva Silva, 48, disse que precisava espairecer, por isso resolveu caminhar no calçadão. “Acho que essa medida foi certa. Não pode aglomerar. Mas, nessa situação dentro de casa, tem que procurar algo para fazer, mesmo com o distanciamento”, explica. Não foi difícil ver quem manteve as atividades na rua usando máscara e luvas.

Também foram fechadas 543 vagas de estacionamento disponíveis na orla. Apenas o lado oposto da avenida permite a parada dos veículos. Por lá, guardas da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife fiscalizam e orientam os motoristas. Na altura da Padaria Boa Viagem, o número de pessoas circulando no calçadão era maior, se comparado à área do Pina - que também costuma concentrar gente.

A empresária Raquel Duarte, 44, saiu acompanhada da irmã e disse estar atenta aos cuidados por ter uma idosa dentro de casa. “Eu entendo que nesse momento precisamos estar confinados em casa, mas, ao mesmo tempo, esse confinamento tem deixado a gente com um grau de ansiedade muito grande. Então, hoje, tomei a liberdade de caminhar e desopilar”, diz.
Parques do Recife

A Prefeitura do Recife também garantiu que 11 parques municipais ficassem fechados neste domingo. No Parque Dona Lindu, a concentração de policiais era grande e todo o espaço, incluindo brinquedos e área verde, ficou vazio. No Parque da Jaqueira, na Zona Norte do Recife, os portões receberam correntes com cadeado. Do lado de fora, poucas pessoas caminhavam na calçada. O vendedor de jornal Geraldo Rodrigues, 70, apoiou a decisão do governo. “Tem que fazer isso mesmo. No último fim de semana estava um aglomerado aqui”, disse, reforçando que suas vendas caíram bastante nos últimos dias.

No Parque Santana, em Casa Forte, um completo deserto. Não havia acesso para área verde e brinquedos. Também não havia pessoas circulando no entorno, durante a passagem da reportagem. A lista de parques fechados até a segunda (6)  inclui 13 de Maio, Arnaldo Assunção, Robert Kennedy, Apipucos, Caiara, Arraia do Forte Novo do Bom Jesus, Macaxeira e Sítio Trindade.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

 

Veja também

Senado aprova uso de verbas de saúde por estados e municípios
Saúde

Senado aprova uso de verbas de saúde por estados e municípios

Eficácia da vacina anticovid da Moderna cai ligeiramente para 90% em teste nos EUA
Coronavírus

Eficácia da vacina anticovid da Moderna cai ligeiramente para 90% em teste nos EUA