Fernando de Noronha

Praia do Sueste, em Noronha, reabre ao público após dois meses fechada por incidente com tubarão

Local está fechado para banho e mergulho desde 28 de janeiro, dia em que uma menina de 8 anos natural de São Paulo foi mordida por um tubarão

Praia do Sueste, em Fernando de NoronhaPraia do Sueste, em Fernando de Noronha - Foto: Divulgação/ICMBio Noronha

A praia do Sueste, em Fernando de Noronha, em Pernambuco, reabrirá ao público na próxima segunda-feira (28). A previsão é do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), que iniciou, na terça-feira (22), a fase de testes e monitoramento para a retomada.

O local está fechado para banho e mergulho desde 28 de janeiro, dia em que uma menina de 8 anos natural de São Paulo foi mordida por um tubarão. Ela teve uma das pernas amputada

De acordo com o ICMBio Noronha, diversas medidas foram tomadas para mitigar os incidentes com tubarão, bem como garantir as condições de visitação e mergulho em Sueste.

A princípio, destaca a entidade, apenas uma área será utilizada, a que fica à direita de uma boia colocada na água. Segundo o ICMBio, haverá monitoramento contínuo e coleta de dados para pesquisa até maio, junto ao Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Também para maio, está prevista a instalação de um vídeo informativo na entrada da praia e a liberação da faixa de areia aos visitantes. Entre 28 de março e maio, a areia será liberada apenas para quem for mergulhar.

Monitoramento
Dois grupos de condutores que atuam na Baía do Sueste mergulharam na área permitida, na terça-feira. Pesquisadores acompanharam parte do trajeto e mediram a turbidez da água - iniciativa que também será repetida diariamente até o mês de maio. 

Até a reabertura ao público, o ICMBio terá definido o roteiro de informações que será repassado a todos os visitantes, bem como eventuais normas adicionais, de acordo com o resultado da primeira semana de testes.

Uma das definições já estabelecidas para essa primeira fase, é o limite mínimo de quatro pessoas por grupo de mergulho livre, que não podem estar dispersas durante a observação.

Veja também

Equador reduz tarifas de combustível após fim de protestos indígenas"
Mundo

Equador reduz tarifas de combustível após fim de protestos indígenas"

Servidor que acusou perseguição de Ibama após caso das girafas importadas recupera cargo na justiça
Rio de Janeiro

Servidor que acusou perseguição de Ibama após caso das girafas importadas recupera cargo na justiça