Prazo para bolsas remanescentes do ProUni é prorrogado até sexta-feira

Vagas ficam disponíveis por desistência de candidatos pré-selecionados

O Prouni oferece bolsas de estudo em universidades privadas por todo o BrasilO Prouni oferece bolsas de estudo em universidades privadas por todo o Brasil - Foto: Educa Mais Brasil

Os estudantes matriculados em universidades particulares podem concorrer às bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) até o dia 4 de outubro. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (30) pelo Ministério da Educação (MEC). A previsão inicial de encerramento para pleitear bolsa era nesta segunda-feira.

Podem pleitear as bolsas remanescentes estudantes que não foram selecionados na primeira e segunda chamadas, além da lista de espera. As inscrições devem ser realizadas no site do programa.

As vagas são para o segundo semestre do ano. Nesta etapa, não há chamadas ou nota de corte diária. A ocupação das bolsas é realizada conforme a ordem de inscrição. Ao concluir a inscrição, a bolsa automaticamente é reservada ao candidato.

Leia também:
Governo prorroga ProUni e Fies após falha em sistemas
MEC divulga orientações a participantes do Encceja


Para concorrer às bolsas remanescentes do ProUni é preciso ter participado de qualquer edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com nota superior a 450 pontos e sem ter zerado a prova de redação e não ter diploma anterior de curso superior. Professores da rede pública e que não tenham participado do Enem podem se inscrever às bolsas de estudo em cursos de licenciatura.

Quem for selecionado deverá comparecer à instituição de ensino nos dois dias úteis após a inscrição para comprovar as informações prestadas.

Veja também

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro; candidato à reeleição diz que foi 'consensual'
Gean Loureiuro

Prefeito de Florianópolis é acusado de estupro; candidato à reeleição diz que foi 'consensual'

Merkel cria diálogo imaginário com coronavírus para defender novo bloqueio
Coronavírus

Merkel cria diálogo imaginário com coronavírus para defender novo bloqueio