Prazo para troca do VEM Livre Acesso termina nesta sexta-feira

Segundo o Grande Recife Consórcio, dois mil usuários da categoria VEM Livre Acesso ainda não fizeram a substituição do cartão

Os cartões antigos de gratuidade serão invalidados a partir de primeiro de janeiro do próximo anoOs cartões antigos de gratuidade serão invalidados a partir de primeiro de janeiro do próximo ano - Foto: Arthur Mota/Arquivo Folha

 

Acaba nesta sexta-feira (28) o prazo para a troca do cartão VEM Livre Acesso, destinado às pessoas com deficiência e que beneficia mais de 36 mil usuários de transporte público na Região Metropolitana do Recife (RMR). Segundo informações do Grande Recife Consórcio, até ontem, quase duas mil pessoas ainda não tinham feito a troca. Os cartões antigos serão invalidados a partir de primeiro de janeiro de 2019. Os novos equipamentos contarão com o sistema de reconhecimento facial, que já está sendo instalado nos coletivos. Portanto, é fundamental que sejam registradas fotos dos beneficiados.

A troca do VEM Livre Acesso foi iniciada em julho, com capacidade de atender cerca de 400 pessoas por dia, mas, nas últimas semanas do ano, apenas 100 pessoas haviam agendado o serviço. “O nosso receio é que, no início do próximo ano, todo esse pessoal venha, de uma única vez, ao descobrir que teve o benefício suspenso”, comenta o gerente de Relacionamento do Grande Recife, Marcus Petrônio Iglesias.

A substituição do cartão é gratuita e pode ser agendada pela internet, no site www.troqueseuvem.com.br, ou pelos telefones 3125-7575 ou 0800 081 0158. Após marcar dia e hora, os usuários do sistema devem comparecer ao posto de atendimento, na rua da Soledade, nº 259, levando o CPF e um documento oficial com foto (RG, carteira de motorista ou profissional). Os menores de 16 anos que não tiverem RG precisam levar a Certidão de Nascimento.

Leia também:
Aplicativo auxilia pessoas cegas a pegar ônibus
Linha de ônibus muda itinerário e passa a integrar com BRT

O atendente de telemarketing Luiz Fernando Braga, 42 anos, fez o procedimento há dois meses. “Agendei pela web e depois fui ao posto. Em menos de 15 minutos fiz minha renovação e peguei o outro cartão”, conta Luiz, que é cadeirante. Ele usa diariamente o transporte público no trajeto entre Olinda e o Centro do Recife.

O Grande Recife acrescenta que nem todos os cartões VEM precisam ser trocados. “Somente os de Livre Acesso. Os usuários que já fizeram a troca não precisam mais substituir seus cartões. Apenas aqueles que possuem a gratuidade e o documento com o layout antigo devem fazer a substituição”, destaca o órgão. O Consórcio informa, ainda, que, em caso de dúvidas, sugestões ou reclamações do usuário podem ser registradas pela Central de Atendimento ao Cliente (0800 081 0158) ou via WhatsApp (99488.3999).

 

Veja também

Punição a anúncio racista gera divergência na Promotoria de MG
RACISMO

Punição a anúncio racista gera divergência na Promotoria de MG

MEC divulga escolas que receberão apoio do Programa Brasil na Escola
Educação

MEC divulga escolas que receberão apoio do Programa Brasil na Escola