A-A+

Prédio da Faculdade de Odontologia da UPE tem atividades suspensas por problemas estruturais

Em nota, a instituição afirmou um novo cronograma de atividades foi montado para a conclusão do segundo semestre letivo de 2019

Faculdade de Odontologia de PernambucoFaculdade de Odontologia de Pernambuco - Foto: Reprodução

Estudantes da Faculdade de Odontologia (FOP), da Universidade de Pernambuco (UPE), tiveram suas atividades acadêmicas temporariamente suspensas na última segunda-feira (2). A medida foi tomada pelo Conselho Superior da FOP após a entrega de um relatório de inspeção realizado pelo Setor de Engenharia, que indicou problemas estruturais, elétricos e de infiltração na unidade, localizada em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife.

Segundo nota da instituição, em 2020, as atividades serão transferidas para as instalações do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), na Cidade Universitária, no Recife. De acordo com a UPE, um cronograma para o encerramento do semestre foi repassado aos estudante, que não devem ter prejuízos na conclusão do fim do ano. Os estudantes realizam as últimas provas do semestre em outros prédios da UPE, como o Escola Politécnica, na Madalena.

De acordo com estudantes, a fiação do prédio está à mostra e aparenta trazer riscos de incêndio. Vigas estão expostas e parte do reboco que cobre a estrutura, caído. 

Leia também:
Assaltos paralisam atividades na Faculdade de Odontologia
Com rachaduras e relatos de estrondos, três blocos do HGV são evacuados no Recife

A FOP tem cerca de 400 alunos da graduação e turmas de especialização, mestrado e doutorado, com quase 300 alunos. Também foram afetados 80 professores, 50 servidores técnicos-administrativos e aproximadamente 2 mil atendimentos semanais à população nas clínicas da unidade.

Veja também

Lei garante meia entrada a transplantados e doadores de órgãos e tecidos em Pernambuco
Benefício

Lei garante meia entrada a transplantados e doadores de órgãos e tecidos em Pernambuco

OMC não consegue acordo para liberar patentes das vacinas contra Covid-19
Coronavírus

OMC não consegue acordo para liberar patentes das vacinas contra Covid-19