Chuvas no Rio

Prefeito de Angra dos Reis pede desligamento de usinas nucleares: 'Estamos ilhados aqui'

Segundo Fernando Jordão, bloqueio nas estradas dificultaria plano de emergência

Usina nuclear em Angra dos ReisUsina nuclear em Angra dos Reis - Foto: Eletronucluear/Divulgação

O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, disse que pediu ao ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, o desligamento das usinas nucleares instaladas na cidade. O motivo são as fortes chuvas que caem desde quinta-feira (31) e que interditaram pontos das principais estradas de acesso ao município, como a RJ-155 e a Rio-Santos.

"Estamos com as estradas fechadas, estamos ilhados. Sou um defensor da matriz nuclear e temos plano de emergência, mas como a gente faz o plano sem estrada? Não dá. Por isso estou pedindo o desligamento das usinas nucleares. Já me comuniquei com o ministro Marcelo Sampaio", afirmou Jordão, que está na companhia do governador Cláudio Castro na manhã deste domingo: "O governador acaba de chegar aqui, vamos sobrevoar as regiões de Monsuaba e Ilha Grande, onde ainda há desaparecidos".

Ainda no sábado (2), a estatal Eletronuclear havia informado que as usinas nucleares Angra 1 e 2 seguiam operando normalmente, com capacidade total, não tendo sido afetadas pelas fortes chuvas que caem na  Costa Verde desde quinta-feira.
 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, há pelo menos dez pontos de interdição, total ou parcial, na Rio-Santos, por causa de deslizamentos de terra e alagamentos. A PRF orienta a população a não utilizarem as estradas e avista que o trecho da Rio-Santos entre Mangaratiba e Paraty está "totalmente instável, com queda constante de barreiras".

Subiu para 16 o número de mortes no Rio por conta das chuvas que atigem o estado desde sexta-feira (1). Segundo a Defesa Civil de Angra dos Reis, foi encontrado o corpo de uma criança na manhã deste domingo. Ao todo, já são oito óbitos em Angra, sete em Paraty e um em Mesquita.

"Nós continuamos em estágio de alerta máximo no município, continuamos com as sirenes ligadas mesmo com a diminuição das chuvas, devido a alta saturação do solo. Pedimos à população de areas de risco que só retornem para suas residências após receberem as mensagens de desmobilização", disse um agente da Defesa Civil de Angra, em informe publicado nas redes sociais na manhã deste domingo.

O alerta é de mais chuva durante o domingo, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia(Inmet). Na Costa Verde e na Baixada, prevalece o aviso vermelho, que representa acumulado de mais de 100mm de chuva.

Veja também

Secretaria da Mulher lança projeto Jornada dos Núcleos de Estudos de Gênero em escolas do Estado
Educação

Secretaria da Mulher lança projeto Jornada dos Núcleos de Estudos de Gênero em escolas do Estado

Pernambuco registra, nesta sexta (1ª), três mortes e 2.961 novos casos de Covid-19
coronavírus

Pernambuco registra, nesta sexta (1ª), três mortes e 2.961 novos casos de Covid-19