Prefeito de Ribeirão decreta estado de emergência por causa das chuvas

Há danos em prédios públicos, vias públicas, pontes, cabeceiras de pontes, estradas vicinais, galerias de águas pluviais, sistema de drenagem, interceptores de esgoto e danos sociais

Chuvas em Ribeirão, na Mata SulChuvas em Ribeirão, na Mata Sul - Foto: Divulgação WhatsApp

Com alagamentos en várias partes da cidade, o prefeito do Ribeirão, Marcello Maranhão, decretou na manhã deste domingo (28) Estado de Emergência no município, devido às fortes chuvas caídas entre os dias 27 e 28 de maio. O decreto leva em consideração a precipitação de 257,33 mm, nas últimas 24h, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

O gestor municipal já informou a situação ao Governo de Pernambuco que vai enviar equipes da Defesa Civil para ajudar no município.

Em decorrência dessa forte precipitação foram constatados danos em diversos prédios públicos, vias públicas, pontes, cabeceiras de pontes, estradas vicinais, galerias de águas pluviais, sistema de drenagem, interceptores de esgoto e danos sociais.

Veja também

Operação da PF mira quadrilha especializada em fraudes previdenciárias; prejuízo chega a R$ 700 mil
Pernambuco

Operação da PF mira quadrilha especializada em fraudes previdenciárias; prejuízo chega a R$ 700 mil

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus
Vacina

Saiba como é o programa de vacinação em países europeus