A-A+

Prefeito do Recife alerta população sobre áreas de risco

Segundo o prefeito Geraldo Julio o volume de chuva desta quinta-feira (13) foi o equivalente ao esperado em 15 dias

Prefeito Geraldo Julio fala sobre a importância da prevençãoPrefeito Geraldo Julio fala sobre a importância da prevenção - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Ao longo de 12h, a capital pernambucana registrou um volume de chuva de 186 milímetros de água. O número, de acordo com a Prefeitura do Recife (PCR), equivale ao esperado em 15 dias.

O prefeito do Recife Geraldo Julio se pronunciou sobre o dia no Recife.  Segundo o gestor, com o encharcamento das áreas de risco, um alerta foi emitido para 31 mil pessoas via celular. “Nesse momento qualquer intensidade de chuva pode causar deslizamento. Nove mil pontos de risco estão cobertos com lona para fazer a prevenção, mas o importante nessa hora é o alerta para as pessoas não ficarem nessas áreas”, apontou.

Ainda de acordo com a PCR, 1 mil pessoas estão atuando na Operação Inverno durante esta quinta, sendo 350 da Defesa Civil espalhados em toda a cidade. Em todo o dia, a Defesa Civil foi acionada 227 vezes, com 147 pedidos de vistoria e 80 pedidos de lona. “A gente oferece abrigamento temporário para aqueles que precisam. Até aqui não fomos procurados com nenhum pedido. Nem o pessoal das áreas ribeirinhas, nem da área de morro também”, esclareceu o gestor.

Leia também:
Barreira cai e soterra moradores em Camaragibe
Estação Joana Bezerra do Metrô é fechada por causa das chuvas
Chuvas fecham túnel no Pina, na Zona Sul do Recife

Em apenas uma hora, os oito pluviômetros [equipamentos de medição de chuva] da PCR registraram um volume 70 mm. Dos 668 semáforos da capital, 26 apresentaram problemas durante o período de chuva mais intensa. Dezenove já estão funcionando normalmente. Também foram registradas 15 quedas de árvores na cidade. Nesses pontos a Empresa de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) foi acionada para a retirada e não há registro de obstrução por árvore em ruas ou áreas de trânsito.

Veja também

Equinócio abre a primavera, período mais quente e seco do ano em Pernambuco; entenda o fenômeno
Astronomia

Equinócio abre a primavera, período mais quente e seco do ano em Pernambuco; entenda o fenômeno

OMS reforça regras sobre poluição do ar, que mata 7 milhões de pessoas por ano
Poluição do ar

OMS reforça regras sobre poluição do ar, que mata 7 milhões de pessoas por ano