Prefeitura de Belo Jardim cancela festa de Carnaval por "falta de segurança"

Polícia Militar, por ofício, alegou falta de pessoal e explicou que Batalhão opera com apenas 40% do efetivo policial

Prefeitura de Belo Jardim cancelou evento de Carnaval da cidadePrefeitura de Belo Jardim cancelou evento de Carnaval da cidade - Foto: Prefeitura de Belo Jardim

A Prefeitura de Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, cancelou a apresentação do Trio e Banda Asas da América depois que a Secretaria de Defesa Social (SDS) do Estado declarou, em ofício enviado pelo 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), não ter como disponibilizar policiamento ostensivo para o evento, que seria realizado na última terça (21). Em seu site, a prefeitura avisou à população que o show fora cancelado “por falta de segurança” em comunicado assinado pela Secretaria de Governo e Articulação Política do município.

O comunicado da SDS foi feito via ofício, nº 019/3ª EM, do subcomandante do 15º BPM, Major Isaque Bento Barbosa. Para a negativa, o documento justifica que há “falta de efetivo”, “haja vista que o 15º BPM atualmente opera com apenas 40% do efetivo previsto, devido nossos Policiais Militares não estarem tirando escala extra, PJES (Programa de Jornada Extra de Segurança), que nos auxilia a complementar a escassez de efetivo”. A crise da corporação também foi citada como motivo.

No ofício, o subcomandante “roga” que a prefeitura evite “festividades com potencial de atrair público intenso”. “Apesar de todo nosso empenho e dedicação, consideramos temerário permitir tais aglomerações enquanto perdurar a conjuntura”, continua o ofício. “Ademais, informo que qualquer evento que venha a surgir será de inteira responsabilidade de seus idealizadores, pois não podemos garantir a segurança de seus participantes”, concluiu o informe.

Acatando o pedido da SDS, a Prefeitura de Belo Jardim alertou, no comunicado, que “a decisão, por ventura, de algum segmento em descumprir a recomendação da Policia Militar, já acatada por essa municipalidade, ficará sob a responsabilidade dos organizadores”.

Programação
A Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), via assessoria de Imprensa, explicou que a Prefeitura de Belo Jardim não havia cumprido o prazo do Grupo de Trabalho (GT) para o Carnaval, que faz uma programação para a Festa de Momo entre outubro e dezembro, para que os efetivos sejam preparados. A PM explicou que o caso de Belo Jardim é isolado, e garantiu que haverá policiamento para o Carnaval em todo o Estado.

Leia mais:
Programação do Carnaval de Igarassu termina às 18h para "garantir tranquilidade"

Veja também

Dez entidades pedem à França que corte importação de produtos brasileiros
Meio Ambiente

Dez entidades pedem à França que corte importação de produtos brasileiros

Com avanço da vacinação, casais voltam a disputar datas para festas de casamento
Pandemia

Com avanço da vacinação, casais voltam a disputar datas para festas de casamento