Prefeitura de Olinda avaliará camarotes day uses durante Carnaval

Reunião na Câmara dos Vereadores da cidade terminou com a promessa de que a prefeitura vai analisar a demanda da população, que reclama da implantação dos camarotes no Sítio Histórico

Moradores e a prefeitura discutiram o problema em audiênciaMoradores e a prefeitura discutiram o problema em audiência - Foto: KLEYVSON SANTOS

As casas-camarotes e a oferta do day use durante o Carnaval de Olinda foram alvos de discussão na audiência pública realizada, nessa terça-feira (12), na Câmara de Vereadores do  município. O secretário de Patrimônio, Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico, João Luiz, esteve presente para prestar os devidos esclarecimentos e afirmou que encaminhará ao núcleo do governo todas demandas pontuadas no encontro.

“Nós vamos fazer uma avaliação e a Prefeitura irá decidir se o projeto irá continuar ou será interrompido”, declarou. Também haverá uma equipe de fiscalização para coibir práticas irregulares. 

Representantes da Sodeca cobraram do poder público o cumprimento da lei nº 5927/15, que passou a proibir camarotes no perímetro do Sítio Histórico. Eles alertam que a liberação para o projeto Olinda Tropicana, cuja sede é o casarão Estação da Luz, deu brecha para a instalação irregular de casas camarotes ameaçando a preservação da identidade do Carnaval de rua da cidade.

Leia também:
Camarotes reacendem polêmica em Olinda
Olinda Beer divulga programação completa e horários


No caso específico do conhecido casarão de Alceu Valença, o secretário João Lima declarou que o espaço estava em desuso e que, por estar em um local estratégico, poderia se tornar um grande centro tecnológico.

Veja também

Entenda como funciona e qual a eficácia da CoronaVac, que começa a ser aplicada hoje em Pernambuco
Vacina

Entenda como funciona e qual a eficácia da CoronaVac, que começa a ser aplicada hoje em Pernambuco

Distribuição das primeiras doses da vacina contra Covid-19 em Pernambuco usa seis caminhões
Coronavírus

Distribuição das primeiras doses da vacina contra Covid-19 em Pernambuco usa seis caminhões