Prefeitura do Paulista descumpre gestão organizacional do Arquivo Público municipal

Gestão abandona arquivo público da cidade na própria sede da Prefeitura

A Constituição Federal em seu artigo art. 216, § 2º, dispõe que a gestão documental é necessária ao acesso à informação: “Cabem à administração pública,
na forma da lei, a gestão da documentação governamental e as providências
para franquear sua consulta a quantos dela necessitem”. Ou seja, cabe a administração pública municipal gerir os documentos produzidos, recebidos e acumulados pela gestão.

Porém, não é o que vem cumprindo a Prefeitura de Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Na própria sede do governo municipal, mais precisamente no térreo, o arquivo público da cidade encontra-se em estado de completo abandono. Pastas e papéis estão espalhados em um corredor estreito e com paredes mofadas. 

Veja também

Confira a previsão do tempo para esta quinta (29) em Pernambuco
TEMPO

Confira a previsão do tempo para esta quinta (29) em Pernambuco

Bolsonaro revoga decreto que explora a concessão de UBS
saúde

Bolsonaro revoga decreto que explora a concessão de UBS