Prefeitura do Recife convoca população para discutir mobilidade urbana

A audiência pública é uma das peças fundamentais para a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana da Capital pernambucana

Trânsito na avenida Antônio de GóesTrânsito na avenida Antônio de Góes - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Os moradores estão convidados para participar nesta quarta-feira (28) de audiência pública para debater as políticas setoriais para o Plano de Mobilidade Urbana do Recife. O encontro está marcado para as 14h na sede da Prefeitura, no Cais do Apolo, Bairro do Recife. Parâmetros e pontos discutidos pela equipe que está elaborando o projeto serão apresentados para discussão, a ser realizada no auditório do 15º andar do prédio. Qualquer pessoa pode chegar para contribuir com suas ideias, que também podem ser encaminhadas para o site planodemobilidade.recife.pe.gov.br

Leia também
Jovens brasileiros comandam painel sobre mobilidade urbana na ONU
Bairro da Ilha do Retiro ganha novo esquema de mobilidade
Planos de mobilidade no foco para 2018


Por políticas setoriais se compreende as diretrizes para segurança viária, pedestres, ciclistas, transporte público, transporte de cargas, polos geradores de viagens e/ou tráfego e os estacionamentos. “Temos que estabelecer um plano que seja capaz de atender às necessidades e aos interesses de todos os segmentos da cidade. Não podemos buscar respostas isoladas”, disse o secretário de Planejamento Urbano do Recife, Antônio Alexandre, reafirmando a importância da participação popular nas discussões.

Um entendimento a ser levado para o debate é a necessidade em desestimular o uso do carro de forma individual, incentivando soluções alternativas. “Para isso, o plano tem que ter uma visão ampla e integrada a todas as possibilidades e alternativas para que pessoas, bens e serviços possam se deslocar”, pontuou Antônio.

Leia também:
Novo plano de mobilidade da Ilha do Leite muda sentido de ruas importantes
Planos de mobilidade no foco para 2018
À espera de rumos para a mobilidade no Recife e em Olinda


Os critérios que serão abordados na reunião são fruto de diversos estudos técnicos de acordo com o secretário de Planejamento da Mobilidade, Sideney Schreiner, do Instituto da Cidade Pelópidas Silveira (ICPS). “Fizemos um grande diagnóstico da mobilidade na cidade. As ações efetivas se baseiam na lei. E o que não tiver na legislação faremos regras municipais”, comentou Sideney.

Plano
Os resultados dessa segunda audiência pública serão avaliados pela equipe técnica do ICPS, responsável pela elaboração do Plano de Mobilidade. Depois o material será encaminhado, em forma de projeto de lei, para o Conselho da Cidade realizar ajustes e validá-lo. Por fim, seguirá para aprovação na Câmara dos Vereadores. A expectativa é de que a chegada do projeto à Câmara seja em maio.

Veja também

Biden e Trump cortejam eleitores no Meio Oeste a quatro dias das eleições
EUA

Biden e Trump cortejam eleitores no Meio Oeste a quatro dias das eleições

França anuncia detenção de terceiro indivíduo após ataque com faca em Nice
Atentado

França anuncia detenção de 3ª pessoa após ataque com faca