Novos Protocolos

Dia de Finados: missas nos cemitérios públicos do Recife não ocorrerão neste ano

População deve estar atenta às recomendações para a data, como o uso de máscara

Cemitério de Santo Amaro, no RecifeCemitério de Santo Amaro, no Recife - Foto: Arthur de Souza/arquivo Folha de Pernambuco

Neste ano, devido às medidas sanitárias de prevenção ao novo coronavírus, a Prefeitura do Recife suspendeu a realização das tradicionais missas que fazem parte da programação do Dia de Finados na cidade, nos cemitérios de Santo Amaro e Parque das Flores. 

A Arquidiocese de Olinda e Recife, contudo, se organiza para celebrar quatro missas em diferentes locais do Grande Recife. O arcebispo Dom Fernando Saburido ministrará uma missa na Matriz de São Sebastião, na Avenida Norte, às 10h, e outra na Matriz de Santa Isabel, no Alto Santa Isabel, às 16h. 

Já o arcebispo auxiliar Dom Limacêdo Antônio fará uma celebração na Matriz de São João Batista, no bairro do Sancho, às 10, e outra na Matriz de São Pio X, em Camaragibe, às 19h. 

Protocolos
No Recife, além da suspensão das cerimônias religiosas, a visitação aos cinco cemitérios públicos da capital pernambucana, no próximo dia 2, ocorrerá com recomendações diferentes, como a obrigatoriedade do uso de máscara para ingressar nos locais.

Os cemitérios de Casa Amarela, Parque das Flores, Santo Amaro, Tejipió e da Várzea estarão abertos entre 7h e 18h e serão abastecidos com pontos de álcool em gel. 

Segundo a prefeitura, a Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), que administra os espaços, finaliza uma série de serviços de limpeza e manutenção, com o objetivo de proporcionar mais segurança ao público. No próprio dia 2, haverá uma força-tarefa para atuar na limpeza dos espaços, com início às 6h e expectativa de término às 22h. 

A gestão recomenda que, no Dia de Finados, a população leve os dados da pessoa falecida para facilitar a identificação do local de sepultamento junto à administração de cada cemitério. Serão disponibilizados funcionários para auxiliar na localização dos jazigos e ossuários. Ao todo, 230 servidores trabalharão nos cemitérios e também nas ruas dos entornos. 

Veja também

Para forçar volta à escola, MEC resiste em homologar permissão de aula remota até fim de 2021
educação

Para forçar volta à escola, MEC resiste em homologar permissão de aula remota até fim de 2021

Bolsonaro nega que chamou Covid-19 de 'gripezinha' após ter usado o termo em pronunciamento oficial
Brasil

Bolsonaro nega que chamou Covid-19 de 'gripezinha' após ter usado o termo em pronunciamento oficial