Restauro

Prefeitura inicia restauro do Parque das Esculturas, no bairro do Recife

A intervenção tem prazo estimado de um ano, mas não impossibilita o acesso do público ao local

Torre de Cristal de Francisco Brennand, no Marco ZeroTorre de Cristal de Francisco Brennand, no Marco Zero - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Obras de restauro e recuperação do Parque das Esculturas, no bairro do Recife, foram iniciadas neste final de semana. O parque, estrelado pela Torre de Cristal, é composto por mais de 100 peças assinadas pelo artista plástico Francisco Brennand. Para sua reestruturação, após o local passar por casos de vandalismo no ano passado, o investimento é de R$ 5,5 milhões. 

As obras serão realizadas pelo co-autor do projeto do parque, Jobson Figueiredo, sendo acompanhadas pelo Gabinete de Projetos Especiais.

A primeira ação desta etapa é o isolamento da base da Torre de Cristal,que conta com pouco mais de 30m de altura, para recuperação da escadaria interna da estrutura. Depois será a vez das peças de cerâmica lisa, seguidas da restauração das peças em bronze e, por fim, as cerâmicas esculpidas.

Durante todo o período de realização de obra, o parque permanecerá aberto ao público, sendo cada uma das peças isoladas para a realização dos serviços. O espaço só será fechado à visitação quando houver a necessidade de uso de equipamentos maiores para realizar a remoção de alguns itens que sejam necessários de serem levados para a Oficina Brennand.

A restauração e recuperação das peças faz parte da primeira etapa de um conjunto de obras que contempla ainda a requalificação de todo o espaço onde o acervo está localizado. Essa segunda parte está prevista para ser licitada no primeiro semestre do próximo ano. 

 

Veja também

Concluída obra de terceiro trecho da nova avenida radial da Zona Norte do Recife
URBANISMO

Concluída obra de terceiro trecho da nova avenida radial da Zona Norte do Recife

Médico venezuelano é acusado nos EUA de vender programas de informática para roubo de dados
Estados Unidos

Médico venezuelano é acusado nos EUA de vender programas de informática para roubo de dados