Jeanine Áñez

Presidente da Bolívia diz ter testado positivo para o novo coronavírus

"Testei positivo para a Covid19, estou bem, trabalharei do meu isolamento. Juntos, vamos sair adiante", disse Áñez

Presidente da Bolívia Jeanine ÁñezPresidente da Bolívia Jeanine Áñez - Foto: Jorge Bernal / AFP ORGE BERNAL

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, informou nesta quinta-feira (9) ter testado positivo para o novo coronavírus e que está bem e em isolamento.

"Testei positivo para a Covid19, estou bem, trabalharei do meu isolamento. Juntos, vamos sair adiante", escreveu Áñez em sua conta no Twitter. 

"Vou ficar em quarentena uns 14 dias até que faça outro exame. Eu me sinto bem", disse a presidente de 53 anos em um vídeo publicado na mesma conta.
 

É o segundo caso de um presidente na América do Sul infectado com o novo coronavírus, depois do anúncio feito pelo brasileiro Jair Bolsonaro, na terça-feira, de ter testado positivo para a COVID-19. Na Venezuela, o número dois do chavismo, Diosdado Cabello, também contraiu o vírus.

Três membros do gabinete de Áñez, entre eles os ministros da Presidência, Yerko Núñez, e da Saúde, Eidy Roca, tinham anunciado em dias recentes que também estavam contagiados.

"Visto que na última semana muitos deles testaram positivo para o coronavírus, fiz o teste e também deu positivo", disse Áñez, que sucedeu no mandato o esquerdista Evo Morales quando ele renunciou em novembro de 2019.

Durante os últimos dias, a mandatária mantinha reuniões virtuais através da plataforma Zoom da residência presidencial, segundo um de seus ministros.

A Bolívia, com 11 milhões de habitantes, registrou até esta quinta-feira um total de 42.984 contagiados e 1.577 falecidos. 

Veja também

Brasil abre 21 mil leitos de UTI durante pandemia, mas oferta ainda é desigual
Coronavírus

Brasil abre 21 mil leitos de UTI durante pandemia, mas oferta ainda é desigual

Municípios têm queda orçamentária e falta de dinheiro para a volta às aulas
Educação

Municípios têm queda orçamentária e falta de dinheiro para a volta às aulas