Guerra na Ucrânia

Presidente da Ucrânia diz que Rússia atacou corredor humanitário para Mariupol

Rússia havia prometido abertura diária de corredores humanitários para a retirada de civis

Presidente da Ucrânia, Volodimir ZelenskyPresidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky - Foto: Handout / Ukraine Presidency / AFP

O presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, acusou a Rússia de realizar um ataque com tanques na rota por onde o material humanitário tinha que passar rumo ao porto sitiado de Mariupol (sudeste), nesta sexta-feira (11, noite de quinta-feira no Brasil).

"As tropas russas não cessaram o fogo. Ainda assim, decidi enviar um comboio a Mariupol com comida, água, remédios, mas os invasores lançaram um ataque de tanque exatamente onde aquele corredor passaria", disse Zelensky na televisão.

"É o terror assumido, o terror flagrante por parte de terroristas experientes. O mundo inteiro tem que saber disso", acrescentou.

O líder ucraniano também explicou que cerca de 100 mil pessoas foram evacuadas nos últimos dois dias de cidades sitiadas, 40 mil delas nesta quinta-feira, por corredores humanitários.

O exército russo mantém o cerco às grandes cidades ucranianas e continua seus bombardeios, como o que atingiu na quarta-feira (9) um hospital materno-infantil em Mariupol, um porto estratégico no Mar de Azov assediado há dez dias.

Moscou prometeu nesta quinta-feira(10) a abertura diária de corredores humanitários para permitir que civis fujam dos combates e cheguem à Rússia. Mas a Ucrânia exige que essas rotas levem ao seu próprio território e não ao do país que está bombardeando sua população.

 

Veja também

Servidor que acusou perseguição de Ibama após caso das girafas importadas recupera cargo na justiça
Rio de Janeiro

Servidor que acusou perseguição de Ibama após caso das girafas importadas recupera cargo na justiça

Pernambuco autoriza vacinação contra a influenza para todos os moradores a partir de seis meses
Saúde

Pernambuco autoriza vacinação contra a influenza para todos os moradores a partir de seis meses