Guerra na Ucrânia

Presidente ucraniano acusa Rússia de recorrer ao 'terror nuclear'

"Alertamos o mundo inteiro para o fato de que nenhum outro país, exceto a Rússia, disparou contra usinas nucleares", disse Volodimir Zelensky

Presidente da Ucrânia, Volodimir ZelenskyPresidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky - Foto: Presidência da Ucrânia

O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, acusou Moscou nesta sexta-feira (4) de recorrer ao "terror nuclear" e de querer "repetir" a catástrofe de Chernobyl, depois de denunciar o bombardeio russo à usina nuclear ucraniana de Zaporizhia, a maior da Europa.

"Alertamos o mundo inteiro para o fato de que nenhum outro país, exceto a Rússia, disparou contra usinas nucleares. Esta é a primeira vez em nossa história, a primeira vez na história da humanidade. Este Estado terrorista está agora recorrendo ao terror nuclear", criticou Zelensky em um vídeo divulgado pela presidência ucraniana.

 

Veja também

Alagoano de 36 anos é preso em Xexéu, na Mata Sul, suspeito de estuprar duas crianças
Mata Sul

Alagoano de 36 anos é preso em Xexéu, na Mata Sul, suspeito de estuprar duas crianças

Polícia Militar dobra efetivo para ciclopatrulhas na orla da Zona Sul do Recife
SEGURANÇA

Polícia Militar dobra efetivo para ciclopatrulhas na orla da Zona Sul do Recife