Preso dono de empresa investigada por vender comida vencida em PE

Único foragido da Operação Comunheiro 2, empresário participou de esquema que desviou R$ 40 milhões dos cofres públicos, diz PC

Empresário Danilo RibasEmpresário Danilo Ribas - Foto: Divulgação/ PMPE

A Polícia Civil (PC) de Pernambuco informou, nesta quinta-feira (27), que prendeu Danilo Ribeiro dos Santos Ribas, único alvo da Operação Comunheiro 2 que estava foragido. Segundo a PC, Danilo é proprietário da Ribeiro Santos, uma das empresas investigadas por crime licitatório, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O empresário é suspeito ainda de utilizar o nome da mãe para abrir outra prestadora de serviço, a Pride, também acusada de participar do esquema que desviou mais de R$ 40 milhões dos cofres públicos de municípios espalhados por todo o estado.

Na última sexta-feira (21), sete pessoas foram presas nessa operação, que investiga nove empresas atuantes nos ramos alimentício e de prestações de serviços. De acordo com a PC, essas empresas forneciam carne com prazo de validade vencido a hospitais e escolas públicas de todo o estado.

Danilo Ribas foi preso na última terça-feira (25), na Zona Norte do Recife, pela equipe de Capturas da Polícia Civil, coordenada pelo delegado Alberis Felix. O local da prisão não foi divulgado. Ele foi encaminhado à cadeia pública de Carpina, na Mata Norte.

Comunheira
Além dos sete presos semana passada, a operação nomeada Comunheiro 2, que significa sócio, ainda cumpriu 26 mandatos de busca e apreensão e 12 mandatos de condição coercitiva. Entre os envolvidos, estão ex-servidores da prefeitura de Buenos Aires e da câmara de Carpina, inclusive o ex- vereador de Carpina, Antônio Carlos Guerra Barreto, conhecido como Tota Barreto, que já está preso devido a outra operação.

Leia Também:
Prefeito Joaquim Neto nega superfaturamento em Gravatá
Servidores denunciam prefeitura de Gravatá
Investigadas por vender comida podre são proibidas de participar de licitações
Ex-prefeitos de Carpina e Lagoa do Carro são alvos de operação policial
Operação combate lavagem de dinheiro no Grande Recife e Mata Sul

Veja também

Sem UTI aérea, ministério só vai transferir de Manaus pacientes de Covid em estado menos grave
Colapso em Manaus

Sem UTI aérea, ministério só vai transferir de Manaus pacientes de Covid em estado menos grave

Contêneires e 64m de comprimento: conheça avião que parte do Recife para buscar vacina na Índia
Avião da vacina

Contêneires e 64m de comprimento: conheça avião que parte do Recife para buscar vacina na Índia