Preso em Gravatá acusado de matar PM no DF há 12 anos

Prisão foi feita em operação conjunta entre as Polícias Civis de Pernambuco e do Distrito Federal

Washington Vieira do Nascimento, o "Miau"Washington Vieira do Nascimento, o "Miau" - Foto: Divulgação/Polícia Civil de Pernambuco

Acusado de matar um policial militar no Distrito Federal em 2007 e foragido da Justiça desde então, foi preso na noite dessa terça-feira (13) Washington Vieira do Nascimento, o "Miau". O mandado de prisão preventiva foi cumprido por volta das 20h, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco.

Miau foi condenando pelo Tribunal do Júri de Ceilândia/DF há 12 anos pelo assassinato a tiros do policial militar Romildo Palhares Ribeiro. Ele foi condenado, mas não havia sido preso ainda. A prisão dele foi feita em operação conjunta entre as Polícias Civis de Pernambuco e do Distrito Federal, sob a presidência do delegado Álvaro Grako.

Leia também:
Cantora pernambucana suspeita de matar amante há 16 anos é presa em SP
Ex-presidiário é preso por matar namorada com toalha em motel em Gravatá

As investigações apontaram o endereço onde o acusado estava em Gravatá, junto com familiares. O preso foi encaminhado ao Presídio de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Ele será transferido para o Distrito Federal.

Veja também

Brasil chega a 250 mil mortes por Covid-19
Pandemia

Brasil chega a 250 mil mortes por Covid-19

Sem Carnaval, Promotoria investiga repasse da prefeitura a escolas de samba de SP
São Paulo

Sem Carnaval, Promotoria investiga repasse da prefeitura a escolas de samba de SP